Acetona ou Propanona

Acetona: veja conceito, principais usos, propriedades e outras informações que podem te ajudar a conhecer melhor esta relevante substância química

A acetona tem grande utilização em uma série de setores, como de tintas, vernizes, químico, farmacêutico, cosmético e muito mais. Seu principal uso ocorre no de tintas, vernizes e esmaltes, em que ela é aplicada como solvente. Confira a seguir mais detalhes desta importante matéria-prima, além dos seus principais fornecedores no Brasil.  Boa leitura!

Acesso Rápido no post

O que é acetona?
Fórmula química
Principais características da acetona
Para que serve a acetona?
Manipulação da acetona
Onde comprar a acetona?

O que é acetona?

A acetona consiste em um composto orgânico sintético, pertencente à família das cetonas, que são compostos que possuem uma carbonila (C=O) ligada a dois carbonos, representada genericamente pelos radicais R e R’. Estes podem ter tamanhos diferentes, os quais os diferenciam quanto ao tipo de cetonas. A acetona é um dos compostos mais simples da classe das cetonas, visto que cada radical tem apenas um carbono.

Propanona é o nome oficial da acetona, mas ela ainda pode ser chamada no mercado por dimetilcetona.

Também é preciso destacar que a acetona é um líquido, incolor, volátil e de odor pungente, o qual pode ser usado para diversas aplicações.

Ela pode ser obtida industrialmente por diferentes processos, como decomposição térmica do acetato de cálcio, hidratação do propeno, oxidação, do cumeno, entre outros. Na oxidação do cumeno temos uma reação entre o propileno e o benzeno, derivados do petróleo.

Uma das formas é pela oxidação do álcool secundário 2-propanol, no qual, utiliza-se uma mistura de dicromato de potássio ou ácido sulfúrico concentrado.

    Orçamento Rápido

    GuiaQD.com.br

    Informe os produtos que deseja receber cotação.

     

    Fórmula química

    Sua fórmula molecular é C3H6O.

    Principais características da acetona

    • Aspecto: líquido aquoso;
    • Cor: incolor;
    • Odor: característico, semelhante ao de frutas.
    • Produz vapores irritantes;
    • Produtos e materiais incompatíveis: ácidos, agentes oxidantes fortes, aminas e bases.
    • Ponto de ebulição 56,2 ºC;
    • Ponto de fulgor -18 ºC;
    • Ponto de fusão -94,7ºC;
    • pH: 7 (5);
    • Massa molar: 58.08 g/mol;
    • CAS: 67-64-1;
    • Inflamável (a temperatura ambiente);
    • Miscível em água, benzeno, álcool, dimetil formaldeído, éter e clorofórmio.  Essa característica faz como que a acetona seja utilizada como solvente em esmaltes, tintas, vernizes, fibras de vidros e muito mais.

    Para que serve a acetona?

    Além da sua ampla utilização como solvente em tintas, vernizes e esmaltes, a acetona pode ser aplicada para uma série de produtos, como produção de medicamentos, em sínteses químicas, limpeza, fabricação de explosivos e muito mais. Veja a seguir algumas utilizações da acetona:

    • Usada como solvente em tintas e tintas de impressão, em vernizes, em adesivos, em thinners e removedores, em fibras de vidro e supercola, resinas, plásticos.
    • Na precipitação e cristalização de vitaminas, antibióticos e outros produtos.
    • Usada para limpeza, desengorduramento e desengraxe: aplicada em limpeza de cinescópios e componentes eletrônicos; limpeza doméstica; limpeza industrial para remoção de graxa, óleo e outras substâncias.
    • Usada como adsorvente para acetileno.
    • Usada para remoção de esmaltes: aqui ela não é usada em sua forma pura, a solução para esta finalidade é uma mistura de acetona, álcool etílico e água, muito eficaz para dissolver esmaltes.
    • Utilizada para vulcanização de borracha.
    • Usada como reagente químico para fabricação de diversos produtos: bisfenol A (usado na produção de resina epóxi e policarbonato), diacetona álcool, ácido metacrílico, metilisobutilcetona, acrilatos, entre outros.
    • Usada na extração de óleos vegetais e de essências naturais.
    • Usada como agente secante (para recipientes em laboratórios).
    • Aplicada na fabricação de propelentes para explosivos.
    • Usada em removedores de maquiagem e de adesivos de cílios postiços.

    Leia Mais
    Intermediários: Rhodia amplia produção de fenol e acetona
    Ácido Glicólico: recurso eficaz no tratamento de pele
    Acetato de Butila: o que é, propriedades e muito mais
    Ácido ascórbico ou vitamina C: tudo que você precisa saber!
    Propilenoglicol: um aliado da indústria cosmética e de alimentos
    Acetato de etila: fórmula, propriedades, aplicação e muito mais
    Abrafati Show 2022: Novidades da Feira
    Abrafati Show 2022: Inovações respondem ao panorama de mercado
    Rastreabilidade é a chave para a qualidade da Tecniplas
    Especialista aponta desafios e oportunidades no horizonte da indústria química

    Manipulação da acetona

    A acetona deve ser manipulada em área ventilada ou em local com sistema geral de ventilação/exaustão para evitar a formação de vapores ou névoas. Chuveiros de emergência e lavador de olhos também são essenciais no ambiente de trabalho para garantir a segurança.

    Além dos equipamentos de proteção coletiva, é importante que o colaborador faça uso do equipamento de proteção individual (EPI), incluindo luvas de proteção, roupa de proteção, proteção ocular e proteção facial, os quais vão contribuir para evitar o contato com a pele, olhos e roupas.

    Para mais informações, consulte a Ficha de Informações do Produto Químico (FISPQ)

    Medidas de primeiros socorros

    – Em caso de inalação: remova a vítima para um local ventilado. Se ela não estiver respirando, aplique respiração artificial. Procure com urgência atendimento médico.

    – Em caso de contato com a pele: remova roupas e sapatos contaminados, caso não estejam aderidos à pele. Lave o local com água corrente em abundância por pelo menos 15 minutos. Mantenha a vítima em repouso e aquecida. Em seguida, procure assistência médica.

    – Em caso de contato com os olhos: remova as lentes de contato, se for possível. Lave os olhos com bastante água corrente por 15 minutos, mantendo as pálpebras abertas. Procure um médico.

    – Em caso de ingestão: não provoque o vômito e não ofereça nada a pessoa inconsciente. Lave a boca com água corrente em abundância por 15 minutos. Procure imediatamente um médico.

    Em todos os casos apresentados, recomenda-se que a vítima leve o rótulo do produto e a FISPQ ao médico.

    Sobre o armazenamento, é válido dizer que o produto químico precisa ser colocado embalagem fechada e guardado em lugar seco, limpo e ventilado.

    Onde comprar a acetona?

    Para encontrar os principais fornecedores de acetona no Brasil, acesse o Guia QD, o mais completo guia eletrônico de compras e vendas do setor químico e importante ferramenta da editora QD para o desenvolvimento de negócios entre fornecedores e compradores.

    Nele, você tem acesso rápido a diversos fornecedores e ainda conta com a facilidade de realizar vários orçamentos de uma só vez para diversas empresas.

    Nenhuma ferramenta do mercado oferece um suporte tão grande como o Guia QD. Experimente essa incrível facilidade e veja como é possível ganhar tempo em suas cotações e agilizar suas compras.

      Orçamento Rápido

      GuiaQD.com.br

      Informe os produtos que deseja receber cotação.

       

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado.