Acetato de Amônio: tudo que você precisa saber sobre esse produto

Conheça suas características, fórmula, aplicação e principais fornecedores

O Acetato de Amônio é um sal com aspecto cristal e branco, com odor próximo ao vinagre e amônia, normalmente aplicado em análises químicas.

Acesso Rápido no post

O que é Acetato de Amônio?
Onde ele é aplicado?
Quais são suas características?
É segura a sua utilização?
Como encontrar fornecedores do Acetato de Amônio?

O que é Acetato de Amônio?

Trata-se de um sal inorgânico, resultante da combinação de ácido acético e amônia.

Graças a essa mistura também é chamado de sal de amônio do ácido acético ou simplesmente de sal de Amônio.

Qual é a fórmula do Acetato de Amônio?

Sua fórmula química é NH 4 CH 3 COOH.

Tendo em vista que o ácido acético está presente no vinagre na concentração de 5% é possível concluir que o Acetato de Amônio tem um odor de vinagre-amônia.

Onde ele é aplicado?

O acetato de amônio é frequentemente utilizado como reagente para análises químicas, mas também pode ser aplicado em outros casos, como galvanoplastia, complexante e para a preparação de soluções tampão para conservar alimentos.

Acetato de Amônio

Acetato de Amônio

Quais são suas características?

  • Deliquescente: absorve umidade do ar até se dissolver por completo.
  • Muito solúvel em água
  • Solúvel em etanol
  • Aspecto sólido, cristal e branco
  • Baixo ponto de fusão em comparação a outros sais ou compostos iônicos.
  • Odor: próprio (cheiro de vinagre e amônia).
  • Estabilidade química
  • Tende a perder amônia em condições normais
  • pH: 6,7 – 7,3
  • Ponto de fusão: 114ºC
  • Peso molecular: 77.08 g/mol
  • Densidade: 1,17 g/cm³
  • Nº CAS: 631-61-8
  • Por aquecimento, pode produzir amônia e óxidos de nitrogênio.

É segura a sua utilização?

Recomenda-se que o acetato de amônio seja manuseado de acordo com as regras de segurança vigentes sem que haja inalação de vapor. Pode ocasionar irritação na pele, olhos e trato respiratório. Perigoso se for engolido.

  • Em caso de contato com a pele: Retire as roupas contaminadas e lave o local com bastante água e sabão.
  • Em caso de inalação: é importante sair do local contaminado para um espaço bem ventilado.
  • Em caso de contato com os olhos: Lavar com bastante água o local por aproximadamente 15 minutos.
  • Em caso de ingestão: pode ocasionar dores abdominais, irritação das vias digestivas, náuseas, vômitos, diarreia, agitação, espasmos, cefaleias, tremor, entre outros.

Caso seja verificada alguma das hipóteses anteriores, deve-se procurar um médico para orientação melhor da conduta. Um oftalmologista é indicado no caso de contato do produto com os olhos.

Também deve-se evitar que o acetato de Amônio seja armazenado em lugares úmidos, em razão da sua característica deliquescente. O ideal é que os recipientes estejam bem fechados e sejam estocadas em local coberto, seco, limpo, com temperatura ambiente, bem ventilado e afastado de materiais incompatíveis.

Como encontrar fornecedores do Acetato de Amônio?

 Para encontrar rapidamente os principais fornecedores de Acetato de Amônio no Brasil acesse o Guia QD, o guia eletrônico de compras e vendas favorito do setor químico.

O nosso guia é uma das diversas ferramentas da Editora QD para apoiar o seguimento químico e aproximar fornecedores e vendedores para a geração de negócios.

Através deste portal, você pode consultar de uma só vez diversos fornecedores e ainda solicitar orçamentos com um clique para várias empresas. Não perca tempo! Comece agora mesmo suas consultas.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios