Tintas e Revestimentos

ABRAFATI – Tinta do futuro incorpora novas funções e reforça a sustentabilidade setorial

Rose de Moraes
15 de setembro de 2009
    -(reset)+

    Portanto, todos os profissionais e empresas que puderem desfrutar do Abrafati 2009 irão perceber que o futuro das tintas vem sendo traçado e se relaciona com as condutas adotadas no passado, mas também com as ações presentes e futuras. Conforme o setor pôde acompanhar, em agosto de 2008, o Brasil foi contemplado com a primeira lei fixando o limite máximo de chumbo permitido na fabricação de tintas imobiliárias e de uso infantil e escolar, incluindo vernizes e materiais similares, e proibiu a fabricação, comercialização, distribuição e importação de produtos com concentração igual ou superior a 0,06% de chumbo, em peso. Numa próxima etapa, prevista para ser concluída em 2012, deverão ser fixados os parâmetros e os limites às emissões de voláteis, já regulamentadas na Europa e nos Estados Unidos. “Antes da entrada em vigor da lei sobre VOC, porém, pretendemos continuar debatendo e estimulando a autorregulamentação do setor de tintas, a exemplo do que vem sendo feito há vários anos em prol da qualidade das tintas e da adoção de tecnologias mais avançadas e sustentáveis”, concluiu Dílson Ferreira.

    O que vai pintar na feira (Texto com base nas respostas enviadas pelas empresas que atenderam ao convite feito por Química e Derivados a todos os expositores.)

    ABEAÇO

    A Associação Brasileira de Embalagem de Aço destaca as vantagens da utilização do aço nas embalagens fabricadas para o setor de tintas. Total reciclabilidade, melhor proteção aos produtos, maior resistência ao empilhamento, armazenamento e transporte, incluindo outros aspectos muito importantes como inviolabilidade e segurança são alguns dos atributos oferecidos pelo material às indústrias e usuários.

    ADEXIM-COMEXIM

    O tradicional fornecedor de matérias-primas orienta as escolhas dos usuários de acordo com as aplicações e também presta esclarecimentos sobre as funções e as especificações dos produtos, abrangendo cabines para controle visual de cores, câmaras para testes de solidez à luz e ao intemperismo, dispersores, homogeneizadores, aditivos, atapulgitas, carbonatos de cálcio, caulins, esferas de moagem, espessantes inorgânicos, glass-flakes, inibidores de corrosão e microesferas ocas.

    AGECOM

    A ampla linha de solventes convencionais – aguarrás, xilol, toluol, hexano – será apresentada com destaque, juntamente com a linha ecológica, com baixo teor de aromáticos e amplas faixas de destilação. O público ainda poderá conferir a linha de antiespumantes com base em óleo mineral, água e solventes, para utilização em diversos setores como indústrias de tintas e indústrias sucroalcooleiras.

    AGRO QUÍMICA MARINGÁ

    Parceira de empresas renomadas e com matriz posicionada em Diadema-SP, a empresa opera com amplas instalações e equipe própria para promover melhor controle dos processos e armazenagens seguras, aproveitando a exposição para anunciar o relançamento de dióxidos de titânio, resinas epóxi, acetatos de etila, entre outros.

    AIR PRODUCTS

    Muitas novidades estarão sendo apresentadas ao público nas áreas de agentes de cura epóxi, agentes de cura em base água, resinas especiais, surfactantes multifuncionais e poliamidas. A nova família de agentes de cura em base água para sistemas epóxi de dois componentes foi desenvolvida para a cura em temperatura ambiente e também sob condições adversas de umidade. As novas poliamidas atendem às normas N-2628 e N-2630, da Petrobras. A nova família de dispersantes de pigmentos, isenta de solventes e alquifenóis etoxilados, foi desenvolvida para umectar, dispersar e estabilizar ampla variedade de pigmentos orgânicos, inorgânicos, negros-de-fumo e partículas compatíveis com sistemas aquosos. Já os novos antiespumantes moleculares apresentam características não-iônicas, são livres de silicones e sílicas hidrofóbicas, e foram desenhados especialmente para eliminar macro e microespumas, reduzindo defeitos de superfície em sistemas em base aquosa.

    AKZO NOBEL

    A empresa destaca as funcionalidades e aplicações das resinas da marca Iguatu em tintas imobiliárias, industriais e tintas para repintura automotiva. Entre outras novidades introduzidas no portfólio, também contam com especial destaque as resinas acrílicas e as resinas para tintas em pó. O visitante desse estande ainda terá a oportunidade de conhecer a nova edição do catálogo de produtos, que contempla novos itens e promove atualizações sobre as resinas alquídicas.

    ALDORO

    Atuante desde 1976 na produção de pigmentos metálicos, pastas e pó de alumínio, além de purpurina, a Aldoro participa da Abrafati 2009 para apresentar os desenvolvimentos de produtos para clientes, com qualidade assegurada pela norma ISO 9002:2000. A empresa exporta seus produtos há quinze anos para dezenas de países.

    ALTMANN

    Química e Derivados, Medição de cor em dez ângulos, Tinta e Revestimentos

    Medição de cor em dez ângulos

    Em conjunto com a Q-Lab, sua representada dos Estados Unidos, a empresa promove vários equipamentos para a realização de testes de intemperismo, por meio dos quais é possível verificar várias propriedades de resistência dos materiais. Outro destaque fica por conta do novo espectrofotômetro multiangular para ajustes de cor, principalmente concebido para uso na indústria automotiva, como o MA98, da X-Rite O equipamento promove medições sob dez ângulos diferentes, indicando problemas relacionados com a cobertura, a cor, a fórmula e o processo.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *