Abrafati – Feira e congresso internacional de tintas comemoram vinte anos em clima de expansão

Os vinte anos dos maiores eventos setoriais de fornecedores para tintas para revestir superfícies da América Latina, reconhecidos pelas exposições da Abrafati – Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas, deverão transcorrer em clima de prosperidade e otimismo.

A 10ª Exposição Internacional de Fornecedores para Tintas e o 10º Congresso Internacional de Tintas, de 24 a 26 de outubro, tradicionalmente mobilizam grande número de profissionais e injetam ânimo no setor. Também abrem caminho às novas perspectivas e oportunidades em negócios e sugerem novas aplicações com qualidade comprovada aos mais de 300 produtores brasileiros, somados a outras dezenas de fabricantes sul-americanos que acorrem à famosa exposição bienal cada vez em maior número, em busca de novidades.

A Abrafati 2007 realmente deverá ser um marco comemorativo para seus organizadores, promotores e participantes, sejam expositores ou visitantes. Em duas décadas, a exposição e o congresso ganharam prestígio internacional, serviram de elo de integração e intercâmbio de informações e incentivaram inúmeras pesquisas no âmbito das tintas que dão cor e personalidade a marcas, aconchego e beleza às instalações e residências e valor estético aos bens e a uma infinidade de produtos.

Quinto maior pólo mundial de produção de tintas, com 968 milhões de litros produzidos no ano passado, o Brasil encontrará na Abrafati2007 aoportunidade ímpar para lançar e irradiar tendências tecnológicas.

Pela primeira vez neste ano, mais de 150 expositores, 900 congressistas e milhares de visitantes irão ocupar os 20 mil m² do Transamérica Expo Center, na Zona Sul da capital paulista.

“O Brasil é um dos cinco maiores mercados mundiais para tintas, tem amplo espaço para o crescimento do consumo e da produção, e vem se firmando como importante plataforma de exportação de insumos, equipamentos e serviços, especialmente para a América Latina”, afirmou Dilson Ferreira, presidente- executivo da Abrafati.

As vendas das indústrias de tintas no Brasil em 2006 superaram os US$ 2 bilhões. Em 2007, o desempenho no setor deverá seguir além, essa é a expectativa. De acordo com projeções feitas por especialistas, o setor de tintas deverá registrar 6,5% de crescimento no comparativo com 2006. Ou seja, em termos percentuais, irá mais do que dobrar os resultados alcançados no ano passado, mantidos à taxa mais modesta de 2,8%.

É inegável a importância da economia e do aumento no poder aquisitivo de camadas da população sobre os resultados esperados. O aquecimento da construção civil e a demanda em ascensão das tintas imobiliárias, responsável por cerca de 77% do volume total produzido no País, certamente oferecem importante parcela de contribuição.

Nesse cômputo, porém, não se deve deixar de lado a evolução no conhecimento e nas pesquisas dedicadas a gerar formulações mais vibrantes e coloridas, resistentes, menos agressivas e mais duradouras para os usuários de tintas, aspectos extremamente valorizados e incentivadores do consumo até por usuários que, embora não entendam de química, possuem senso estético e sabem valorizar bons produtos.

Mas se a economia e os novos desenvolvimentos e inovações são decisivos para o crescimento do mercado de tintas, o que dizer de iniciativas como as da Abrafati, que mobilizam todos os elos da cadeia para propulsionar a qualidade, o crescimento, o desenvolvimento e a inovação no setor. Muitas das respostas, vocês, leitores, vão encontrar na programação da exposição e do congresso de 2007.

“Neste ano, graças ao maior apoio dos patrocinadores, alguns deles que nos acompanham há vinte anos, como Basf e Bayer, e outros que estão se unindo a nós, como Águia Química, Bunge Biphor, Elekeiroz e Itatex, vamos oferecer maior conforto e melhor infra-estrutura em segurança, estacionamento, pontos de energia e maior facilidade para carga e descarga de materiais aos expositores nas instalações do Transamérica Expo Center, um complexo de exposições integrado ao hotel Transamérica, que permite a hospedagem de visitantes internacionais e de outros Estados. Na organização do novo espaço, preocupamo-nos em promover maior integração entre os expositores e os cerca de 900 profissionais até agora inscritos no Congresso que poderão transitar todos pelo mesmo pavimento, no piso térreo, favorecendo os contatos e os encontros”, informou Telma Florêncio, gerente administrativa da Abrafati e coordenadora dos eventos.

Um dos muitos convidados ilustres deste ano, o químico Edward J. Donnelly, presidente do International Paint and Printing Ink Council (IPPIC), é aguardado para presidir a sessão plenária inaugural do 10º Congresso Internacional de Tintas, a ser realizada no dia 24 de outubro, a partir das 9 horas. Donnelly irá traçar um panorama do atual estágio da indústria de tintas no mundo e comentar as perspectivas para os próximos anos.

Na segunda plenária, o engenheiro químico Luis Fernández, vice-presidente mundial e diretor da área de negócios de materiais para tintas e revestimentos da Rohm and Haas, irá abordar no dia 25, a partir das 9 horas, o desenvolvimento sustentável na indústria de tintas, abrangendo questões ligadas ao meio ambiente e à responsabilidade social.

1 2 3Próxima página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios