Tintas e Revestimentos

ABRAFATI 2011 – Com demanda garantida, setor busca tecnologias eficazes e sustentáveis

Rose de Moraes
17 de dezembro de 2011
    -(reset)+

    Com alto teor de sólidos, a empresa oferece as resinas alquídicas Beckosol 15-278, em óleo de soja, para aplicações em esmaltes sintéticos imobiliários, esmaltes industriais e vernizes para madeiras, além das resinas alquídicas Beckosol 15-254, para as mesmas aplicações, mas com elevada viscosidade.

    Outras novidades da Reichhold ficaram por conta de resinas acrílicas estirenadas (Arolon 21-032) e de emulsões acrílicas hidroxiladas (Arolon 5900). As primeiras são termoplásticas, parcialmente de fonte renovável, diluídas em blenda de solventes, indicadas para formulações de tintas industriais, com resistência a altas temperaturas, e vernizes para acabamentos arquitetônicos ou para proteger telhas, tijolos e cerâmicas.

    Química e Derivados, Antonio Fornereto, M.Cassab, HEC, Solúveis em Água, Abrafati 2011

    Fornereto: espessante celulósico oferece vantagens

    HEC solúveis em água– A busca de soluções inovadoras se intensificou de tal modo entre os fornecedores de matérias-primas que os fabricantes de tintas imobiliárias/decorativas já poderão contar a partir do próximo ano com a nova oferta da M.Cassab de hidroxietilcelulose (HEC), polímeros de celulose fornecidos em pós e solúveis em água para a produção de resinas destinadas a aplicações em tintas imobiliárias e decorativas em base água e a vários outros produtos industriais. “Estamos negociando uma nova operação com a Samsung Fine Chemicals, da Coreia, para sua representação no Brasil e distribuição exclusiva de HEC ao mercado brasileiro”, informou Antonio Fornereto, gerente geral da divisão química da M.Cassab.

    Os grandes diferenciais desse HEC residem na sua alta estabilidade, no grande poder de mistura e nos diferentes graus de viscosidade que serão proporcionados, de acordo com as necessidades dos fabricantes.

    Além da nova parceria, a M.Cassab também destacou fornecimentos tradicionais de grandes produtores, como Oxiteno, DuPont, Basf, Eastman, Evonik, Invista, Perstorp e Lanxess, abrangendo solventes, coalescentes, pigmentos orgânicos, dióxidos de titânio, isocianatos alifáticos, intermediários para resinas, antiespumantes, dispersantes, nivelantes, espessantes, entre vários outros.

    Emulsões de VAE – A produção de tintas imobiliárias de alta performance e baixo VOC (menor do que 50 g/l), isentas de Apeo e amigáveis ao meio ambiente se tornou realidade em vários países da Europa, Ásia e nos Estados Unidos, nos quais as emulsões de acetato de vinila e etileno (VAE) da Celanese foram introduzidas há anos. A partir de agora, porém, a empresa, estreante na Abrafati, também pretende difundi-las entre os produtores no Brasil.

    Química e Derivados, Sidnei Lamim, Celanese Emulsion, Emulsões de VAE, Abrafati 2011

    Lamim: emulsões de VAE reforçam e estrutura para disputar mercado local

    Com sede em Dallas, no Texas (EUA), a empresa, de acordo com Sidnei Lamim, gerente de tecnologia e aplicações para a América do Sul da Celanese Emulsion Polymers, possui oito fábricas em operação no mundo dedicadas à fabricação das emulsões de VAE. “Oferecemos ampla linha de emulsões de alta performance em se tratando de VAE, vinil-acrílicas, cem por cento acrílicas e copolímeros especiais, e já comprovamos aos clientes a possibilidade de formular tintas de alta qualidade sem adicionar solventes coalescentes quando se parte das emulsões EcoVAE”, comentou Lamim.

    A última geração de emulsões VAE, isentas de alquilfenóis etoxilados, é representada por produtos que levam a marca EcoVAE, destinando-se à formulação de tintas imobiliárias de alta qualidade e de baixo ou zero VOC.

    A linha EcoVAE é composta de três diferentes formulações. A emulsão EcoVAE 401, de baixo a zero VOC, proporciona baixo odor, oferece resistência às lavagens e à abrasão, e atende aos requisitos regulatórios e de desempenho. A EcoVAE 405, por sua vez, oferece estabilidade em situações de congelamento e descongelamento, tem baixo odor e é altamente resistente a desgastes. Por último, a EcoVAE 501 é uma emulsão de alta performance para tintas arquitetônicas foscas e não foscas e que apresenta VOC abaixo de 50 g/l.

    Química e Derivados, Reinaldo Passini, Wacker, Isentas de Plastificantes, Abrafati 2011

    Passini: copolímero VAE dispensa aditivos e cosolventes nas tintas

    Isentas de plastificantes – Conciliar alto desempenho e baixo ou zero impacto ambiental também é a proposta da Wacker
    Química do Brasil. A empresa promoveu na Abrafati 2011 várias palestras com o intuito de melhor apresentar seus insumos, como as dispersões de copolímeros de acetato de vinila e etileno (VAE), para tintas e revestimentos decorativos, isentas de compostos potencialmente perigosos.

    Sob vários aspectos, as dispersões de VAE de alto desempenho apresentam vantagens. A principal delas, segundo Reinaldo Passini, gerente de vendas da área de polímeros para a América do Sul, reside no fato de o etileno ser incorporado na cadeia do polímero, atuando como plastificante interno, dispensando o uso de aditivos. A essa vantagem, somam-se ainda a pouca ou nenhuma necessidade de adição de cosolventes, a redução ou a eliminação dos agentes de formação de filme, evitando as migrações, e também a alta flexibilidade e formação de filme mesmo sob baixas temperaturas (abaixo de 5ºC).

    Produzidas sem formaldeído e sem Apeo, apresentam também teor reduzido de monômeros residuais de acetato de vinila (menor do que 200 ppm), assegurando formulações com baixo teor de VOC (menor do que 5g/l). “Graças às suas propriedades únicas, as novas dispersões VAE Vinnapas não oferecem apenas excelentes propriedades técnicas, mas também permitem formular tintas e revestimentos com baixo VOC, atuando como ligantes e conferindo aderência e coesão, bem como propriedades de brilho, flexibilidade e dureza”, acrescentou Passini.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *