Domissanitários (sabões, detergentes e limpeza)

2020 – Que ano! ABIPLA

Quimica e Derivados
5 de janeiro de 2021
    -(reset)+

    Fatos relevantes – No aspecto sindical, em 2020, encontramos um ambiente de parceria, parcimônia e razoabilidade, que culminou em negociações coletivas céleres e assertivas, com os Sindicatos dos Empregados. Sob o aspecto regulatório, a Anvisa passou a dar prioridade aos processos que envolviam produtos para desinfecção e no combate ao novo coronavírus, sempre mantendo um diálogo constante com a Abipla. E posso assegurar que avançamos muito neste período.

    Também as medidas trabalhistas, as linhas emergenciais de crédito para pagamento de folha salarial e fluxo de caixa para as pequenas e médias empresas, a eliminação de entraves burocráticos para facilitar o cotidiano das pessoas físicas e jurídicas, fizeram com que o Brasil evoluísse no período mais difícil de sua história republicana.

    Outro fato muito relevante deste ano foi a aprovação do marco legal do saneamento básico, pelo Congresso Nacional, o que, na nossa visão, torna-se uma medida histórica de saúde pública, de grande importância, por meio da qual o Brasil começa a corrigir uma das suas maiores distorções sociais que é o acesso da população à água tratada e ao saneamento.

    2020 – Que ano! ABIPLA ©QD Foto: iStockPhoto

    O setor de limpeza em números

    Responsabilidade Social do setor – Desde o início da pandemia, a Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Higiene, Limpeza e Saneantes de Uso Doméstico e de Uso Profissional (Abipla) tem realizado um trabalho conjunto com seus associados, para ajudar comunidades afetadas pelo novo coronavírus.

    Cientes de sua responsabilidade social, nossos associados doaram mais de mil toneladas de produtos de limpeza, totalizando R$ 10 milhões.

    Arrecadamos e destinamos, às comunidades carentes, produtos como sabões, desinfetantes, limpadores multiusos e álcool glicerinado, itens essenciais para o combate à pandemia, como mostra o quadro:


    Doações em Números:

    R$ 10 milhões em produtos de higiene, limpeza e alimentos;
    1.091 toneladas de sabões, desinfetantes, limpadores multiusos e álcool glicerinado;
    866.047 mil litros de saneantes (água sanitária e desinfetantes);
    1 milhão de unidades de artigos de higiene e limpeza.

    Comunidades impactadas: 

    Aglomerado da Serra-MG, Associação Lar São Francisco; comunidades paulistanas de Heliópolis e Paraisópolis, nas fluminenses do Complexo do Alemão, Rocinha, e Vila Kennedy (RJ); ao Governo do Estado de São Paulo; prefeituras de São Paulo, Guarulhos, Itupeva, Suzano; municípios de Simões Filho-BA,
    Americana-SP, Cubatão-SP, Rio Grande da Serra-SP, Luziânia-GO; regiões de Campo Limpo, Vila Andrade
    (em SP), Duque de Caxias-RJ; Polícia Militar de MG; hospitais de Minas Gerais, Fortaleza-CE, e Campinas-SP; Fundo Social de Solidariedade de Jundiaí-SP; Movimento de Mulheres Negras de Sorocaba-SP, Movimento Assistencial Espírita Maria Rosa, Associação Abrigo Temporário para Animais Necessitados
    e Lar dos Velhinhos de Piracicaba-SP.

    Marcas dos produtos distribuídos: 

    Brilhante, Candida, Candura, CIF, Comfort, DCG70, Minuano, OMO, Pinho Trop, Qboa, Super Candida,
    UAU, Urca e Ypê.

    Empresas:

    Ceras Ingleza, Colgate-Palmolive, GTEX, Candura, Indústrias Anhembi, Flora, Oxiteno, Ypê e Unilever.


    Hábitos de consumo – Com a maior evidência da necessidade de limpar, higienizar e desinfetar ambientes e objetos, como armas de combate ao novo coronavírus, constatamos no transcorrer do ano uma demanda crescente por produtos para desinfecção e higienização, notadamente, água sanitária, desinfetantes e sabão em barra.

    Merece destaque uma pesquisa divulgada pela Nielsen que aponta que o auxílio emergencial foi utilizado, pelas classes mais pobres, para adquirir itens básicos. Os produtos de limpeza para casa responderam por 31% deste consumo de varejo.

    2020 – Que ano! ABIPLA ©QD Foto: iStockPhoto

    Em que pese os produtos básicos de limpeza voltarem com força na cesta de compras, como é o caso do sabão em barra, que estava em queda de consumo até o início da pandemia, novos e sofisticados produtos foram lançados e consumidos ao longo de 2020, e esses lançamentos foram concomitantes com o que está sendo lançado no mundo todo, sendo alguns com propriedades específicas para combater a Covid-19.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *