2020 – Que ano! ABIPLA

2020 – Que ano! ABIPLA ©QD Foto: iStockPhoto

Quando falamos sobre o ano de 2020, é inevitável citar a pandemia do novo coronavírus, especialmente, para o setor de produtos de higiene e limpeza. Mas, neste ano, no qual tivemos enormes desafios, os associados da Abipla demonstraram, inequivocamente, que a nossa vocação precípua é a saúde pública.

Prova disso foram as manifestações e alertas que a Abipla tem feito acerca dos chamados “túneis de desinfecção” que, mesmo sem comprovação científica, no combate ao novo coronavírus, essas estruturas de desinfecção (câmaras, cabines ou túneis) continuam se proliferando pelo País e, em alguns casos, são até exigidas pelas prefeituras, em locais de grande aglomeração, como shoppings centers, edifícios comerciais e rodoviárias. A própria Anvisa reconhece que essas estruturas não têm eficácia para a inativação do vírus. Pior do que isso, alguns produtos aspergidos podem fazer mal à saúde, e essa tem sido a nossa preocupação.



Mudanças de expectativas – Este ano foi aguardado com muita ansiedade por todos, pois havia uma forte expectativa de que seria o início consistente de um período de retomada do crescimento econômico nacional, do reencontro com os investimentos sustentáveis e permanentes, do caminho para o pleno emprego, enfim, os sinais de 2019 eram bons e o porvir melhor ainda.

Desde o primeiro momento, após a decretação da ocorrência do Estado de Calamidade Pública, o setor de produtos de limpeza foi considerado como essencial e as fábricas puderam manter suas atividades em pleno funcionamento. Não identificamos dificuldades intransponíveis na aquisição de matérias-primas, embalagens, insumos em geral e no escoamento da produção. E, como a higiene e limpeza de ambientes domésticos e profissionais tem sido considerada a primeira vacina contra a Covid-19, o nosso setor apresentou crescimento acima de média histórica.

Tão logo começaram as flexibilizações às medidas de restrição de locomoção, o retorno presencial ao trabalho e a abertura do comércio e serviços, o segmento de produtos de limpeza para uso profissional teve aquecimento significativo e, novamente, os associados da Abipla estavam a postos para suprir o mercado.

É certo que ainda temos grande potencial de mercado, em nosso País, considerando que, como demonstra o quadro a seguir, em média, as famílias gastam cerca de US$ 89,00, por ano, com produtos de higiene e limpeza, contra mais de US$ 233,00 nos Estados Unidos e, considerando a América do Sul, países como Argentina e Chile investem muito mais do que o Brasil nesses produtos, chegando a US$ 200,00 e US$ 170,00, respectivamente. Ou seja, investimos metade do que o Chile, quando se fala em higiene e limpeza.

2020 – Que ano! ABIPLA ©QD Foto: iStockPhoto
Consumo anual por família

Geração de empregos – Em relação à movimentação financeira dos produtos de limpeza, o ano de 2019 registrou R$ 26 bilhões, crescimento de 23,8%, em relação a 2018. De acordo com dados da Euromonitor, que constam no Anuário Abipla 2020, este volume representa cerca de 4,15% das vendas no varejo do setor de home care em todo o mundo.

Os empregos também tiveram bons números. Em 2018, o setor fechou o ano empregando 49.419 trabalhadores. Em 2019, saltou para 58.226 colaboradores, alta de 17,82%. E é interessante que, mesmo com a pandemia, as contratações do setor continuaram crescendo em 2020. Segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), de janeiro a julho deste ano, o saldo positivo do setor (admissões menos demissões) é de cerca de 3,1 mil vagas.

2020 – Que ano! ABIPLA ©QD Foto: iStockPhoto

1 2 3Próxima página
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios