Tintas e Revestimentos

5 de dezembro de 2004

Tintas: Merck mostra as tendências da cor automotiva

Mais artigos por »
Publicado por: Rose de Moraes
+(reset)-
Compartilhe esta página

    A edição 2004/2005 do “Color Proposal”, promovido a cada dois anos pela Merck, trouxe a São Paulo no dia 1º de dezembro renomados especialistas da sede da empresa, na Alemanha, como o doutor Frank J. Maile e Claudia Wiessmann. Em turnê pela América Latina, onde antes visitaram Colômbia, México, Chile e Argentina, os especialistas apresentaram as últimas propostas de cores criadas pela Merck para tintas automotivas e industriais.

    O encontro atraiu dezenas de profissionais das áreas de pintura automotiva, fabricação de tintas e masterbatches, designers, entre outros interessados em conhecer a nova geração de pigmentos à base de óxidos metálicos recobertos com sílica e alumina sintéticas, incluindo desenvolvimentos ainda mais recentes à base de oxicloreto de bismuto, oferecendo oportunidade única aos convidados para conferir as aplicações em 60 novas propostas de cor, produzindo ampla diversidade de efeitos especiais, como perolados de alto brilho e cromados.

    “A cada dois anos, funcionários da Merck percorrem várias partes do mundo para propor novas cores que irão compôr as principais tendências para emprego na indústria automotiva”, afirmou Teomir Tavares, gerente da área de química e especialidades da Merck Brasil. Formada por pigmentos mais estáveis, a nova geração proporciona cores mais puras, com brilho mais intenso e transparente, propiciando também a pigmentação de vernizes, como é o caso de produtos em fase de teste para aplicação no mercado automotivo brasileiro. Segundo Tavares, cresce o interesse das indústrias automotivas em trabalhar com pinturas até duas camadas, envolvendo uma camadabase e uma segunda camada de tinta composta com os pigmentos de efeito produzidos pela Merck.

    Química e Derivados: Tintas: Show-room da nova geração de pigmentos. ©QD Foto - Divulgação

    Show-room da nova geração de pigmentos.

    Com pigmentos pertencentes às famílias de produtos Xirallic e Colorstream, apresentados no evento, já foram desenvolvidas mais de 220 cores para automóveis fabricados na Europa, Japão e Estados Unidos.

    A família Xirallic, passível de uso em sistemas com solvente ou água, oferece pigmentos à base de alumina, gerando nuances que sugerem efeito de profundidade, destacando transparência e alto brilho, propriedades otimizadas pela simples exposição à luz solar, agregando também maior intensidade e pureza nos tons das massas das tintas.

    Obtidos por intermédio de um novo processo de cristalização, esses pigmentos apresentam superfícies extremamente planas e possuem faixa de distribuição de partículas muito controlada, características que, aliadas ao recobrimento das partículas de óxidos metálicos, irão conferir alto índice de reflexão e proporcionar produtos de alta estabilidade.

    Representando novo conceito em pigmentos para a produção de efeitos multicoloridos, a família Colorstream proporciona variações de cor nos substratos em apenas uma aplicação. Segundo recomendou Tavares, a melhor performance desses pigmentos é obtida quando aplicados em fundos escuros, oferecendo ampla gama de cores que vão do lilás até o prata, passando por tons de verde e azul.

    Celebração de cores – Para desenvolver a nova proposta de cores para a indústria automotiva, especialistas da Merck buscaram inspiração em culturas étnicas, na arte barroca, em gamas de azuis e verdes, explorando ainda a luminosidade de pratas e cinzas. Com base nessas pesquisas, a empresa criou cinco novos grupos de cores para o “Color Proposal” 2004/2005: tribal, theatrical, balletic, showtime e magical.

    O grupo tribal é representado por tons de amarelo e laranja, seguindo até aos marrons, trazendo nuances que refletem culturas exóticas. O grupo theatrical oferece tons de rosa e vermelho intensos, passando pelo magenta e carmim, e chegando ao púrpura, baseados no fascínio e extravagância das cores da arte barroca. Já o balletic faz reviver nuances de azul, passando pelos tons de turquesa claro e azuis aquáticos e fluidos. A proposta de cores showtime baseiase em tons absolutos de verde, passando do verdelimão aos tons de azeitona, enaltecendo desde os verdes vegetais mais claros até os mais escuros, oferecendo clima de suntuosidade. O magical renova brancos, pratas e cinzas, criando efeitos cristalinos de cor.

    De acordo com o “Color Proposal” da Merck, as propostas atuais partem do princípio de que os consumidores estão apreciando mais as cores originais e desafiadoras. Como resultado, os meiostons foram praticamente abolidos para dar lugar às cores vibrantes, luminosas e intensas, que visam proporcionar sensações de luxo, suntuosidade e muito glamour.



    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *