Tintas e Revestimentos

25 de agosto de 2007

Tintas anticorrosivas – Nanocerâmica desafia fosfato

Mais artigos por »
Publicado por: Domingos Zaparolli
+(reset)-
Compartilhe esta página

    A hegemonia da fosfatização, metodologia empregada há mais de 150 anos em processos de pré-tratamento de metais, pode estar com os dias contados, pelo menos em algumas aplicações, como nos mercados dos produtos de linha branca, móveis de aço e construção civil. Em breve, também a indústria automobilística poderá ter motivos para substituir o tratamento à base de fosfato de ferro.

    O substituto é um produto desenvolvido com base nas pesquisas em nanocerâmica, que utiliza compostos químicos à base de fluorziconica para o pré-tratamento de metais. A pioneira no desenvolvimento desta solução é a Henkel, que comercializa o Bonderite NT-1.

    O produto foi lançado em 2005, mas só agora ganha força no mercado brasileiro. Segundo Mauro Sérgio Duarte, gerente de vendas da Henkel para tratamento de superfícies, o produto, por empregar uma tecnologia bastante inovadora, contou com uma estratégia de divulgação cautelosa.

    O primeiro ano foi consumido em palestras para clientes e associações técnicas. Em2006, aempresa dedicou-se a promover testes de laboratório do produto e é agora, em 2007, que as comercializações estão em pleno desenvolvimento. Mas, mesmo assim, a empresa iniciou o processo de comercialização de forma paulatina, atendendo primeiro os fabricantes de produtos da linha branca. “Estamos registrando uma forte migração para esta tecnologia neste segmento, que acreditamos ser irreversível”, diz Duarte. A Henkel é responsável pelo fornecimento de 80% das soluções de pré-tratamento para o setor.

    A cautela com que a Henkel tratou o lançamento do produto se explica. O Bonderite NT-1 tem um preço dez vezes superior aos concorrentes com fosfato de ferro. A empresa queria mostrar ao cliente a relação custo/benefício do produto antes de enfrentar um julgamento pelo sistema de cotação de mercadoria. “Fazendo uma análise detalhada de todo o processo, o Bonderite pode representar uma economia de 20% a 30%”, diz Duarte.

    A grande vantagem do produto à base de fluorziconica é ambiental. O Bonderite é isento de metais pesados, de fósforo e de componentes orgânicos (VOC), reduzindo resíduos ambientalmente perigosos. Outra vantagem é que o tratamento com a nova tecnologia é realizado a frio, ao contrário do que ocorre nos sistemas tradicionais, e portanto possibilita economia de energia. O tratamento nanocerâmico também é mais rápido, em até cinco vezes, aumentando a produtividade do aplicador.

    Duarte informa que a Henkel programa lançar durante o ano de 2008 uma nova versão do Bonderite, a NGL. O novo produto terá como foco atender a indústria automotiva e de autopeças, fazendo o pré-tratamento para pinturas eletroforéticas.

     

    Leia a reportagem princiapal:

    Leia também:

     



    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


      ""
      1
      Newsletter

      Receba artigos, notícias e novidades do mercado gratuitamente em seu email.

      Nomeseu nome
      Áreas de Interesseselecione uma ou mais áreas de interesse
      Home - Próximo Destino Orlando
      ­
       Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros
      Previous
      Next