Tecnologia Ambiental

1 de janeiro de 2014

Tecnologia ambiental – Notícias: Solução para lodo de ETE: incineração

Mais artigos por »
Publicado por: Marcelo Furtado
+(reset)-
Compartilhe esta página

    Química e Derivados, FLUXOGRAMA – INCINERAÇÃO DE LODO

    FLUXOGRAMA – INCINERAÇÃO DE LODO

    M

    uitas vezes, mesmo quando se resolve um problema ambiental, gera-se outro. Isso ocorre atualmente no setor de tratamento de esgotos. É consenso que a falta desse serviço essencial ainda representa uma das maiores vergonhas nacionais. Mas o pior é saber que até as cidades que coletam e tratam seus dejetos domésticos estão criando ao final da cadeia um outro passivo: a geração de lodo resultante do tratamento biológico.

    Hoje as companhias de saneamento no Brasil apenas fazem o deságue do lodo, reduzindo seu teor de água de 80% para cerca de 40%, e destinam o resultado “pegajoso” final para aterros, e aí é gerado o chorume, outro grande passivo difícil de ser tratado. A etapa que o país ainda não atingiu é a de projetar e instalar unidades de incineração, que reduzem as tortas do tratamento a cinzas secas, equivalentes a até 5% do volume total inicial.

    Porém, se depender da oferta e do trabalho de desenvolvimento de mercado de alguns fornecedores de sistemas de controle ambiental, esta nova etapa pode ser logo introduzida nas companhias de saneamento menos atrasadas do país, caso da Sabesp, Sanepar, Corsan e Copasa. Empresas como Degrémont, Enfil e Andritz já têm tecnologia para começar obras e participar de possíveis concorrências que, segundo fontes do mercado, podem ser lançadas em 2014.

    Para se ter uma ideia do passivo, apenas a região metropolitana de São Paulo gera por volta de 2.250 t/dia de lodo, que seguem para aterros depois de desaguados por decantadoras centrífugas e filtros-prensa. A ETE Barueri da Sabesp, por exemplo, gera 750 t/dia.

    Química e Derivados, Tarabini: queda no preço favorece interesse do setor de saneamento

    Tarabini: queda no preço favorece interesse do setor de saneamento

    A Enfil, de São Paulo, vem fazendo um trabalho forte de divulgação da tecnologia nas companhias de saneamento, depois de obter a licença tecnológica do sistema de incineração da japonesa Yamato Sanko. Trata-se de unidade baseada em incinerador vortex, que inclui pré-secagem e o tratamento completo dos gases gerados (SOx e NOx), além do material particulado e odor.

    De acordo com o diretor da Enfil, Franco Tarabini, as instalações são para de 100 a 150 toneladas/dia, mas sua modularidade permite expansão em até quatro vezes. Ponto muito a favor atualmente da sua utilização é a queda de preço da tecnologia. “Há cinco anos uma unidade desse tipo estava por volta de R$ 280 milhões, hoje está na faixa de R$ 80 milhões”, disse Tarabini. Na sua opinião, esse fato, aliado à grande necessidade de solucionar o passivo com os lodos, influenciará a opção pela tecnologia, já largamente empregada no exterior.

    Em um cálculo aproximado, o diretor estima que um investimento total de R$ 1,2 bilhão acabaria com o problema de geração de lodo de São Paulo, com a aplicação de unidades de incineração. Quanto às emissões do equipamento, que consumiria cerca de 1.670 kg/h de gás natural liquefeito, para manter a temperatura do incinerador Vortex a 890ºC, o controle previsto para as instalações nacionais é muito rigoroso, até superior ao estrangeiro. “As exigências no Brasil de NOx são quatro vezes superiores ao limite europeu. Lá é de 200 mg/Nm3 e aqui é de 50 mg/ Nm3”, revelou. Esse detalhe fará o sistema nacional precisar de catalisador DeNOx, que deve onerar em mais R$ 4 milhões a obra.

    As cinzas resultantes da queima, inertes, podem ser reutilizadas como britas para a construção ou descartadas a custos ambientais e econômicos infinitamente menores do que hoje se pratica com os lodos vindos das estações de tratamento de esgoto do país.



    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


      ""
      1
      Newsletter

      Receba artigos, notícias e novidades do mercado gratuitamente em seu email.

      Nomeseu nome
      Áreas de Interesseselecione uma ou mais áreas de interesse
      Home - Próximo Destino Orlando
      ­
       Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros
      Previous
      Next