Tecnologia Ambiental

2 de junho de 2014

Tecnologia ambiental – Notícias: ERB inaugura cogeração de eucalipto para a DOW

Mais artigos por »
Publicado por: Marcelo Furtado
+(reset)-
Compartilhe esta página

    Entrou em operação em 27 de março a usina termelétrica a  biomassa de cavaco de eucalipto da Energias Renováveis do Brasil (ERB), em Candeias-BA, com capacidade para  fornecer 1.08 milhão de toneladas de vapor industrial e 108 MWh de eletricidade para o complexo industrial de Aratu, da Dow Química.

    Com investimento da ordem de R$ 265 milhões, a usina de cogeração resulta na substituição de 83 milhões de m3 de gás natural e também na captura de 180 mil toneladas de dióxido de carbono, por causa da menor emissão e das florestas de eucalipto da região. Além de atender a Dow, a ERB venderá energia excedente de 12 MWh para o Sistema Interligado Nacional (SIN), o suficiente para abastecer uma cidade de 60 mil habitantes.

    Outro aspecto da usina é a geração de empregos. Segundo a ERB, serão 1,3 mil diretos e 3,4 mil indiretos.

    O contrato entre as empresas é de 18 anos e, de acordo com o presidente da ERB, Emílio Reitmann, a obra foi feita no melhor contexto, tendo em vista o alto preço da eletricidade para grandes consumidores e o fato de o gás natural brasileiro ter valor  no mínimo quatro vezes superior ao norte-americano, que vive a era do shale gas. “O Brasil precisa ver de forma mais séria a biomassa como fonte de energia térmica limpa e que complementa o gás natural na matriz”, disse.

    A Dow passou a receber a energia integralmente a partir do dia 4 de abril. Em razão da geração de vapor da unidade ser superior à demanda da empresa de origem norte-americana, há possibilidade de uso do insumo para futuras expansões ou novas unidades. O complexo de Aratu produz óxido de propeno, propilenoglicol e ainda ácido clorídrico e soda cáustica.



    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *