Alimentos & Bebidas

11 de junho de 2002

Fispal 2002: Alimentos geram negócios gordos

Mais artigos por »
Publicado por: Rose de Moraes
+(reset)-
Compartilhe esta página

    Divisão em dois pavilhões apurou o foco de estandes e visitantes, de modo a facilitar negociações

    Química e Derivados: Fispal: Envasadeira TBA-21 chega a 8 mil unidades-hora em vários tamanhos.

    Envasadeira TBA-21 chega a 8 mil unidades-hora em vários tamanhos.

    A

    18ª Fispal Tecnologia, realizada de 18 a 21 de junho, no pavilhão de exposições do Anhembi, sob a promoção do Grupo Brasil Rio, comprovou mais uma vez ser ponto de convergência de vários mercados. Recebeu 54,7 mil visitantes e reuniu 1.656 expositores dos setores alimentício, farmacêutico, químico, cosmético, laboratorial, unidos pela vertente de apresentar soluções diferenciadas, visando convertê-las em vantagens competitivas para seus usuários.

    O montante de negócios gerado por ocasião da feira foi estimado em R$ 3 bilhões pelo diretor da Fispal Tecnologia Luiz Fernando Pereira. “Muitas empresas fecharam acordos cujos valores representam de três a seis meses do seu faturamento anual, outras realizaram importantes contatos que, a médio e longo prazos, convertem-se em negócios”, considerou o diretor.

    Química e Derivados: Fispal: Pereira - feira gerou R$ 3 bilhões em negócios.

    Pereira – feira gerou R$ 3 bilhões em negócios.

    Setorizada em áreas que concentram soluções em embalagens e processos industriais, além de contar com pavilhão internacional e com a quarta edição da Techno Plus – Feira Internacional de Tecnologia para as Indústrias Farmacêutica, Química e Cosmética, a Fispal Tecnologia teve sua área de exposição ampliada, com a transferência da Fispal Alimentos para o Center Norte. Visando aprimorar a qualidade do evento de acordo com as necessidades mercadológicas dos expositores, a próxima edição, programada para 2003, deverá concentrar novos setores e contar com novas associações representativas de apoio.

    Segundo os organizadores do evento, o setor químico é um dos que mais crescem em participação na Fispal Tecnologia. Das 200 empresas presentes na feira de 2001, passamos a contar com mais de 400 expositoras do setor químico em 2002”, informou Pereira.

    Química e Derivados: Fispal: Alves - evaporador a placas ganha mercado.

    Alves – evaporador a placas ganha mercado.

    Parcerias tecnológicas – Parcerias surgindo em profusão, entrelaçando empresas e novas estratégias de posicionamento de produtos, foi o que mais se observou na 18ª Fispal. Sob licença da Axero, a APV, empresa do grupo inglês Invensys, trouxe ao mercado brasileiro os evaporadores free-flow, direcionados em grande parte às aplicações nas indústrias químicas e também requisitados pelas fábricas de papel e celulose.

    Constituídos de placas soldadas a laser, e considerados bem mais avançados em relação aos evaporadores tubulares, esses equipamentos possuem capacidade de evaporação acima de 100 toneladas de água por/hora, e são capazes de oferecer maior estabilidade às operações, sem contar um de seus aspectos mais importantes que é segregar os condensados, captando e tratando os gases, de modo a evitar a formação de odores nas indústrias.

    Química e Derivados: Fispal: TBA-22 enche 12 mil embalagens de 1 L por hora.

    TBA-22 enche 12 mil embalagens de 1 L por hora.

    Suas placas, confeccionadas em aço inox 316, titânio ou cupro-níquel, foram recentemente remodeladas, recebendo novo design, para favorecer a menor perda de pressão e possibilitar maior eficiência na transferência de calor.

    Segundo o diretor comercial da APV Antonio Alves da Silva Neto, a empresa empenha-se na maior difusão da nova tecnologia e, para isso, está construindo planta-piloto para, dentro de seis meses, colocar em teste aplicações direcionadas às indústrias de açúcar e álcool e ao tratamento de efluentes, estendendo-se, ainda, para o seu emprego nas plantas de soda cáustica e de sulfato de cobre, onde os bons resultados já estão mundialmente comprovados.

    Destacando-se, pela apresentação de novo sistema de envase asséptico para líquidos, a Tetra Pak, uma das principais fornecedoras mundiais de equipamentos para o processamento de alimentos – centrífugas, homogeneizadores e trocadores de calor, sistemas de envase e distribuição, envolvendo embalagens cartonadas – comemorou 45 anos de Brasil. Em demonstração, a máquina TBA/22 é capaz de envasar 12 mil embalagens de um litro por hora, produtividade atingida graças ao aumento de velocidade da máquina e à colocação de novo sistema de mandíbulas e dobrador final.

    Química e Derivados: Fispal: Empacotadora vertical aceita acessórios.

    Empacotadora vertical aceita acessórios.

    Outro desenvolvimento que chamou a atenção pela versatilidade foi a máquina TBA/21, caracterizada por ser um sistema flexível que permite a mudança de formatos e volumes das embalagens, envolvendo 200 ml, 250 ml e 1000 ml, projetado para envasar até 8 mil unidades por hora.

    A Fabrima, do grupo IWKA, e com parque industrial em Guarulhos–SP, apresentou novo acessório para a linha de empacotadoras Flexibag que promete impulsionar vendas de novas unidades, bem como promover adaptações em equipamentos já instalados.

    Lançada há seis anos, a Flexibag ganha, agora, um aplicador de válvula adesiva que promove a liberação dos gases, como CO2 das embalagens de café, gerados após o empacotamento, representando alternativa de mais baixo custo em relação às embaladoras a vácuo ou a injeção de gás, tecnologias de acondicionamento também empregadas.

    O aplicador da válvula, denominada Celomat, foi desenvolvido em parceria com a empresa argentina de mesmo nome, liberando gás carbônico gerado pela torrefação dos grãos de café, mas impedindo a entrada de oxigênio na embalagem, fazendo com que o café possa perder o aroma, oxide, ou fique sujeito a contaminações. Para Nilson Cruz Júnior, responsável pelo departamento comercial da Fabrima, o aplicador de válvula permitirá eliminar a prática generalizada de se fazer furos nas embalagens laminadas, visando a saída de gases, de modo a manter a estabilidade dos produtos no empilhamento.


    Página 1 de 512345

    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


      ""
      1
      Newsletter

      Receba artigos, notícias e novidades do mercado gratuitamente em seu email.

      Nomeseu nome
      Áreas de Interesseselecione uma ou mais áreas de interesse
      Home - Próximo Destino Orlando
      ­
       Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros
      Previous
      Next