Couro e Curtumes

15 de abril de 2012

Fimec 2012 – Setor coureiro-calçadista elabora agenda propositiva

Mais artigos por »
Publicado por: Fernando C. de Castro
+(reset)-
Compartilhe esta página

    Química e Derivados, Fimec

    A

    Comissão Setorial de Pro­dutos Químicos para Couros da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim) se reuniu em março na sede da Associação das Indústrias de Curtume do Rio Grande do Sul (AICSul). Participaram representantes das indústrias que totalizam em torno de 80% da produção brasileira de produtos químicos para couro. Também estiveram presentes o presidente executivo da AICSul, Moacir Berger, e o presidente executivo do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), José Fernando Bello.

    O coordenador da comissão, Ro­mildo Sasso, destacou que a Abi­quim tem um plano estratégico para tornar o Brasil superavitário na balança de produtos químicos em 2020. Porém advertiu que há um longo caminho a percorrer. Em 2011, o déficit comercial químico ficou em US$ 26 bilhões, para o faturamento setorial de US$ 158 bilhões.

    Nos dois primeiros meses deste ano, o quadro se agravou, com incremento de 14,4% no déficit. Sasso adicionou que, caso nada seja feito, em 2020 o saldo negativo chegará a US$ 70 bilhões. Porém, a Abiquim detectou um potencial de crescimento do setor químico como um todo equivalente a US$ 167 bilhões até 2020.

    Na cadeia produtiva do couro, hoje de 70% a 80% dos produtos utilizados são importados. Para alterar este quadro, Sasso enfatizou que é indispensável um diálogo forte com as entidades da cadeia coureiro-calçadista, para elaborar uma agenda efetiva de mudança a ser apresentada ao Governo Federal. O consultor João Furtado, da Abiquim, relatou aos participantes sobre o trabalho que já está sendo feito pela entidade, no escopo do Pacto Nacional da Indústria Química.

    Furtado sublinhou que foram estabelecidas alianças com o MDIC, BNDES e a ABDI. Na reunião de sexta-feira, foram discutidas as bases para uma agenda específica do setor, com participação da AICSul e do CICB. A reunião da Abiquim foi organizada em paralelo à 36ª edição da Fimec – Feira Internacional de Couros, Produtos Químicos, Componentes, Máquinas e Equipamentos para Calçados e Curtumes, realizada em Novo Hamburgo-RS.

    Os organizadores gostaram do resultado da feira, marcada pela visitação qualificada e pelo encaminhamento de bons negócios. Durante o encerramento da feira, o diretor presidente da Fenac, Elivir Desiam, afirmou que a antecipação da data nesta edição foi fundamental para os expositores e visitantes, pois dessa maneira os materiais e lançamentos apresentados podem ser utilizados para a próxima estação. “Conversamos com praticamente todos os expositores e o grau de satisfação ficou evidente. Podemos afirmar que esta edição da Fimec foi marcada pelo sucesso”, salientou Desiam.

    Crescimento – O setor de componentes também está satisfeito com a feira. Segundo o vice-presidente da Associação Brasileira das Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), William Marcelo Nicolau, o resultado da Fimec será confirmado nos próximos meses, mas o setor espera uma alta de 5% a 10% em vendas no mercado interno. Quanto ao mercado externo, a feira foi palco do Projeto Comprador, realizado em parceria com a Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos para os Setores do Couro, Calçados e Afins (Abrameq), que gerou em torno de US$ 3 milhões em vendas em quase 500 rodadas de negócios com 30 importadores.

    O presidente da Abrameq, Marlos Schmidt, ressaltou que este projeto mostra a importância da união das entidades em prol do setor e da região. “Depois desta feira, temos condições de mudar um pouco a realidade atual, influenciada pela crise econômica europeia, e dar um pouco mais de otimismo ao setor”, assinalou.

    Moacir Berger, presidente da AICSul e representante do CICB na cerimônia de encerramento, observou que a participação do setor coureiro é pequena quantitativamente, mas grande em termos qualitativos. “A partir da próxima edição, nossa participação na Fimec será muito maior”, afirmou Berger.



    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


      ""
      1
      Newsletter

      Receba artigos, notícias e novidades do mercado gratuitamente em seu email.

      Nomeseu nome
      Áreas de Interesseselecione uma ou mais áreas de interesse
      Home - Próximo Destino Orlando
      ­
       Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros
      Previous
      Next