Química

27 de agosto de 2003

Expoquímica: Feira da química complementa caráter técnico do evento

Mais artigos por »
Publicado por: Rose de Moraes
+(reset)-
Compartilhe esta página

    Cronograma bienal contempla mais expositores e abre espaço para criação de um novo evento: a Expoquímica, que sai do papel com 40 participantes

    S

    oluções inovadoras em instrumentação analítica, pilar tecnológico para o desenvolvimento científico e industrial nos setores químico, petroquímico e farmacêutico, integram a 7a. Analítica Latin America. De 1o a 3 de outubro, no Transamérica Expo Center, em São Paulo, a exposição de tecnologias para laboratórios, análises, biotecnologias e análises clínicas, única no gênero em toda a América Latina, promete ser das mais concorridas e deverá receber cerca de 15 mil visitantes, segundo expectativa da organizadora, a V.N.U. Business Media.

    Química e Derivados: Expoquímica: expoquimica_abre.Entre as principais novidades deste ano está a criação de uma nova feira, a Expoquímica – Feira Internacional de Produtos, Processos e Equipamentos para a Indústria Química –, que nasce contando com apoios da VDMA – Associação Alemã dos Construtores de Máquinas e Instalações Industriais – e da ABEQ – Associação Brasileira de Engenharia Química. “Em junho de 2002, a diretoria da Koln Messe International nos procurou para que planejassemos a nova feira para o setor químico, em substituição à Quimtec, feira que contou apenas com três edições e, desde então, começamos a preparar o lançamento dessa nova feira, concebida para aproximar fabricantes e compradores de tecnologias para todos setores da indústria química”, informou Joris van Wijk, diretor da V.N.U. Business Media para toda a América Latina.

    Para oferecer maior vulto às duas exposições agora integradas, os promotores realizaram o 1°. Congresso Brasileiro de Análises Químicas, Biotecnologia e Life Sciences, em paralelo à Analítica, o 1° ENBTEQ – Encontro Brasileiro sobre Tecnologia na Indústria Química – e o 6° Seminário de Produtores de Olefinas e Aromáticos, em paralelo à Expoquímica.

    Outra modificação significativa é a mudança no calendário. A partir deste ano, toda a programação, incluindo feiras e eventos técnicos, será bienal, tendo as próximas realizações marcadas só para o mês de outubro de 2005.

    Separada da FCE e HBA em 2003, que continuarão sendo exposições anuais, a Analítica cresceu em espaço e participações, abrangendo cerca de 350 expositores em 12 mil m2 de área. Já a Expoquímica deverá contar com cerca de 40 expositores.

    A decisão de mudar a periodicidade do evento, segundo o diretor van Wijk, prevaleceu em benefício dos próprios expositores e foi feita no sentido de conceder maior prazo para que possam preparar as novidades.

    Química e Derivados: Expoquímica: Joris Van Wijk - mudanças beneficiam expositores.

    Joris Van Wijk – mudanças beneficiam expositores.

    A 1ª edição da Analítica, realizada em 1997, segundo lembrou o organizador, contou apenas com 13 expositores. Hoje, a projeção da mostra está consolidada e pode ser observada pela presença de fabricantes de mais de duas dezenas de países. Liderados pelas indústrias instaladas no Brasil, presentes em maior número, os expositores vêm do México, Alemanha, Estados Unidos, Canadá, Japão, França, Itália, Holanda, Reino Unido, Suíça, Suécia, Austrália, Áustria, Bélgica, China, Coréia, Dinamarca, Espanha, Finlândia e Polônia.
    Mais de 30 empresas marcam sua estréia nessa feira e dois novos países, Cingapura e Israel, prestigiam pela primeira vez a Analítica.

    Análises ambientais – Os congressistas da Analítica Latin America terão a oportunidade de acompanhar mais de trinta palestras técnicas e científicas, incluídas em sessões plenárias programadas desde o início das manhãs até o final das tardes dos dias 1, 2 e 3.

    Uma das sessões mais concorridas discutirá “O Homem e o Meio Ambiente”. Programada para o dia 1°, das 13h30 às 17h15, ressaltará novas técnicas analíticas, algumas das quais com aplicações ainda incipientes no Brasil, mas que propiciariam novas perspectivas para o controle ambiental e maior efetividade nos resultados. A sessão também trará como destaque a apresentação de John Jorgersen. O especialista, vinculado à Zymark Corporation, empresa representada no Brasil pela Flowscience Intruments, irá discorrer sobre o uso de sistemas automatizados de extração em fase sólida (SPE) para análise de efluentes, propondo uma modificação no método preconizado pela EPA, a agência de proteção ambiental dos Estados Unidos (EPA 625), para hidrocarbonetos poliaromáticos e ftalatos.

    Várias conferências deverão suscitar grande interesse do público. Uma delas, “Especiação de compostos de arsênio por HPLC/ICP-MS”, poderá ser acompanhada na apresentação da doutora em saúde pública e farmacêutica bioquímica Deolinda Martins, e da doutora em química Elisa A. Osaki, ambas profissionais da PerkinElmer do Brasil.

    De acordo com as especialistas, diferentes técnicas já foram utilizadas para a especiação do arsênio, mas o emprego da técnica de high performance liquid chromatography (HPLC), ou cromatografia líquida de alto desempenho, acoplada a inductively copled plasma-mass spectrometry (ICP-MS), ou espectrometria de massa-plasma indutivamente acoplado, tem revelado significativas vantagens. Entre elas está o excelente poder de separação do HPLC, agregado ao insuperável poder de detecção do ICP-MS, além de sua total integração e fácil automatização, que transformaram essas técnicas em ferramentas analíticas poderosas para se determinar compostos presentes em concentrações em níveis de traços.


    Página 1 de 3123

    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


      ""
      1
      Newsletter

      Receba artigos, notícias e novidades do mercado gratuitamente em seu email.

      Nomeseu nome
      Áreas de Interesseselecione uma ou mais áreas de interesse
      Home - Próximo Destino Orlando
      ­
       Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros
      Previous
      Next