Cosméticos

15 de maio de 2011

FCE Cosmetique / FCE Pharma – Demanda firme abre caminhos para insumos cosméticos e farmacêuticos

Mais artigos por »
Publicado por: Rose de Moraes
+(reset)-
Compartilhe esta página

    Revista Química e Derivados, FCE Cosmetique, FCE Pharma, Demanda firme abre caminhos para insumos cosméticos e farmacêuticos

    A

    rápida ascensão dos mercados cosmético e farmacêutico no país enseja um continente de oportunidades para empresas de todos os naipes, permitindo antecipar resultados altamente positivos para as FCE Cosmetique e FCE Pharma. Na 16ª edição, as exposições internacionais de tecnologias para as indústrias cosmética e farmacêutica, agendadas de 24 a 26 de maio, no Transamerica Expo Center, em São Paulo, reúnem mais de 600 expositores, além de três pavilhões dedicados à China, França e Índia e com grande número de expositores procedentes da Alemanha, Argentina, Coreia do Sul, Espanha, Estados Unidos, Itália, Panamá e Suíça.

    Revista Química e Derivados, Ligia Amorim, diretora-geral da NürnbergMesse Brasil

    Ligia procura atrair as mais recentes inovações

    “Organizar as FCE Cosmetique e FCE Pharma, as maiores vitrines dos setores cosmético e farmacêutico, é um desafio, mas estamos sempre fortalecendo parcerias para oferecer o melhor para as empresas participantes, visando à geração de novos negócios”, afirmou Ligia Amorim, diretora-geral da NürnbergMesse Brasil, organizadora de ambas.

    A cada ano galgando posições mais destacadas, o Brasil pode estar prestes a se posicionar na vice-liderança do mercado mundial de cosméticos, pelo alto nível de consumo, e tem somado conquistas nesse setor, considerado um dos mais pujantes da economia do país. Desempenho, criatividade, inovação e capacitação caracterizam as atividades do dia a dia da indústria cosmética brasileira, uma das mais avançadas do mundo e privilegiada por ter acesso imediato a lançamentos mundiais em matérias-primas, muitas delas conhecidas do grande público somente na FCE Cosmetique. Isso permite aos profissionais desenvolver formulações inovadoras e mais efetivas em cuidados de higiene, tratamentos de rejuvenescimento e de reparação para a pele e os cabelos.

    “O nosso país exporta conceitos e produtos para todo o mercado mundial e até os profissionais brasileiros estão sendo aqui recrutados para dirigir empresas no exterior porque, além de capacitados e atualizados, eles se tornaram diferenciados pelo seu alto grau de conhecimento”, considerou o consultor Alberto Keidi Kurebayashi.

    Reeleito recentemente na presidência da Associação Brasileira de Cosmetologia (ABC) por mais dois anos (2011-2013), Kurebayashi fez um balanço dos últimos projetos encampados pela entidade que, sob sua gestão, realizou muitas atividades em prol da inovação em produtos e tecnologias e do desenvolvimento da ciência cosmética.

    Considerada referência internacional na promoção de cursos e programas de capacitação, não raro a entidade é convidada a ministrar cursos em outros países, como no Peru, onde acaba de desenvolver um programa para a formação de profissionais.

    Entre os feitos mais recentes, estão a implementação do prêmio de reconhecimento ABC, para eleger os melhores fornecedores e clientes, com sistema auditado pela Fipfarma, e o estabelecimento de parceria no âmbito educacional com a Universidade Lusófona para o intercâmbio de experiências e de conteúdos. Isso resultou na realização de um curso sobre dermatologia, ministrado na sede da entidade, em São Paulo, reeditando o sucesso alcançado em Portugal.

    Outra iniciativa da entidade muito bem acolhida no setor foi o lançamento do guia de serviços ABC, ferramenta que, segundo Kurebayashi, propiciou compilar referências de todas as empresas associadas, facilitando o acesso à informação aos profissionais da indústria cosmética e que conta com distribuição gratuita para todo o território nacional.

    Revista Química e Derivados, Alberto Keidi Kurebayashi, Consultor

    Kurebayashi: brasileiros têm alta capacitação no setor

    “A nossa diretoria também se empenhou muito nos últimos meses para trazer ao país importantes encontros que já estão programados para 2013, como a conferência da International Federation of Societies of Cosmetic Chemists (IFSCC) – sociedade que congrega cerca de 35 entidades internacionais, incluindo a ABC como representante oficial do país – e o Colamiqc, além de se dedicar intensamente à organização do 25º Congresso Internacional de Cosmetologia”, afirmou.

    Daqui para o exterior – A participação de empresas brasileiras em mercados internacionais também rende posições destacadas ao país. Com exportações ativas para os cinco continentes, a Íon Química/Polytechno tem seus produtos cada vez mais reconhecidos pelas indústrias cosméticas de vários países, que demandam fornecimentos de uma série de matérias-primas como alcanolamidas, anfóteros, catiônicos, ésteres, bases autoemulsionantes, ativos especiais, extratos vegetais, proteínas hidrolisadas e aditivos de performance.


    Página 1 de 3123

    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


      ""
      1
      Newsletter

      Receba artigos, notícias e novidades do mercado gratuitamente em seu email.

      Nomeseu nome
      Áreas de Interesseselecione uma ou mais áreas de interesse
      Home - Próximo Destino Orlando
      ­
       Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros
      Previous
      Next