Notícias

26 de junho de 2013

Especialidades: Wacker expande centro técnico no país

Mais artigos por »
Publicado por: Marcelo Fairbanks
+(reset)-
Compartilhe esta página
    A

    Wacker Química do Brasil inaugurou em abril a expansão de seu centro técnico e também da Wacker Academy, estrutura de treinamento e difusão de conhecimentos aplicados sobre produtos químicos usados em tintas, materiais de construção civil, adesivos, têxteis, borrachas de silicone e itens para cuidados pessoais. Com isso, a companhia pretende aprofundar o relacionamento com seus clientes, mostrando em bases reais como ingredientes químicos fabricados por ela podem gerar efeitos diferenciadores nos produtos elaborados por eles.

    Química e Derivados, Wacker, Danilo Timich: apoio para clientes desenvolverem produtos

    Timich: apoio para clientes desenvolverem produtos

    A estrutura física da Academy, embora esteja instalada no sítio de produção e distribuição da Wacker em Jandira-SP, é totalmente independente das demais. “Desde 2003, nosso centro técnico tem apoiado nossos clientes, ajudando-os a desenvolver produtos e aplicações, além de ter abrigado atividades para demonstrações e treinamentos, mas agora teremos um espaço mais adequado, mais confortável e disponível para essas atividades, que são fundamentais para o desenvolvimento dos negócios da companhia”, explicou Danilo Timich, diretor-geral da Wacker Química do Brasil, subsidiária da Wacker, grupo de origem alemã que obteve faturamento de € 4,63 bilhões em 2012. O espaço da Academy compreende laboratórios de aplicação e um auditório com equipamentos adequados para efetuar aplicações de produtos finais.

    Timich explica ser de mão dupla o relacionamento entre a empresa e os clientes. “Em geral, trazemos os clientes para cá e mostramos um produto semelhante ao que eles produzem, porém aprimorado com a inclusão de um aditivo desenvolvido por nós; caso um cliente goste do resultado, já tem uma formulação pronta para iniciar imediatamente a sua fabricação”, comentou. “Muitas vezes, o cliente acompanha a nossa demonstração e aponta outras necessidades para as quais gostaria de encontrar uma solução; então nós o colocamos em contato com a divisão de desenvolvimento para encontrar essa solução, mediante um contrato de serviço, sob confidencialidade.”

    O gestor da Wacker Academy no Brasil, Marcelo Borba, explica ser essa uma forma de oferecer treinamento continuado, atualizado e qualificado, colocando os técnicos dos clientes em contato com especialistas de alto nível da companhia. A estrutura da Academy contempla o relacionamento com outros centros da companhia – o de Jandira é o sexto, e o sétimo será inaugurado em maio, no México –, facilitando o intercâmbio de experiências. “Oferecemos seminários, simpósios e conferências, com a presença de um cliente ou de vários, simultaneamente”, disse, salientando que a presença de concorrentes em um mesmo seminário técnico não é usual em vários países latino-americanos, embora isso seja aceito no Brasil. As atividades propostas podem ser feitas também in company, ou on-line, dependendo do escopo selecionado.

    Química e Derivados, Marcelo Borba, Wacker, intercâmbio com especialistas de cada área

    Borba: intercâmbio com especialistas de cada área

    Borba mencionou como exemplo o baixo uso de tintas de silicone no Brasil, embora tenham propriedades excelentes, capazes de alcançar vida útil de revestimento acima de trinta anos. “O Brasil ainda não sabe usar essas tintas, esperamos mudar essa situação com transferência de tecnologia”, afirmou. Em compensação, o uso de argamassas colantes e também de pisos autonivelantes de alto desempenho, ambos fabricados com a adição de acetato de vinil etileno (VAE) da Wacker, tem encontrado boa aceitação e deve se transformar rapidamente em padrão de mercado na construção civil. Esse foi o campo dos primeiros treinamentos ministrados pela companhia, antes da recente inauguração. “Nas novas instalações, o primeiro treinamento está agendado para maio, em construção civil e tintas, mas estamos preparando algo para cosméticos”, adiantou.

    Especialista na química do silício, a Wacker participa com insumos para a fabricação de painéis solares, wafers de silício para eletrônica, óleos, emulsões e borrachas de silicone para aplicações diversas, de artigos médicos a tintas, selantes e hidrofugantes para construção. Além disso, produz o VAE e derivados da fermentação microbiológica de açúcares.


    Página 1 de 212

    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


      ""
      1
      Newsletter

      Receba artigos, notícias e novidades do mercado gratuitamente em seu email.

      Nomeseu nome
      Áreas de Interesseselecione uma ou mais áreas de interesse
      Home - Próximo Destino Orlando
      ­
       Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros
      Previous
      Next