Notícias

24 de outubro de 2003

Empresas: Degussa comemora 50 anos de atividades no Brasil

Mais artigos por »
Publicado por: Rose de Moraes
+(reset)-
Compartilhe esta página

    O cinquentenário da Degussa no Brasil, comemorado em outubro recapitulou conquistas, parcerias e soluções químicas customizadas, desenvolvidas ao longo dos últimos 130 anos de sua história. Apresentadas por executivos do alto escalão da companhia que vieram da sede em Düsseldorf, na Alemanha, especialmente para festejar a data junto aos colegas brasileiros, as iniciativas têm logrado êxito e rendido posições de liderança em mercados diversos, nas aplicações de peróxidos, negro-de-fumo, sílicas pirogênicas, surfactantes tensoativos, entre outros, remanescendo sempre, porém, a perspectiva de fortalecer alianças e consolidar posicionamentos em mercados atrativos e potenciais, como é o caso do Brasil.

    Reestruturada mundialmente há quase três anos, com a incorporação de várias fusões e aquisições, a nova Degussa despendeu em 2002 mais de 340 milhões de euros em Pesquisa & Desenvolvimento, tem 55 mil patentes registradas, e celebra mais de 70% de seus negócios fora da Alemanha.

    Em 2002, alcançou faturamento global de 11,8 bilhões de euros. Atualmente, sua estrutura organizacional assenta-se em cinco divisões: Química para Construção, Química Fina & Industrial, Química de Performance, Tintas & Resinas e Polímeros Especiais, e num amplo sistema de gestão que engloba 21 unidades de negócios, 250 sites de produção e 48 mil colaboradores.

    “Queremos crescer na América Latina na Ásia em geral, especialmente na China, e na Europa Oriental”, afirmou o presidente e CEO da Degussa AG, professor doutor Utz-Hellmuth Felcht, durante as comemorações dos 50 anos. “O Brasil ocupa posição central em nossa trajetória de expansão por toda a América Latina e nós vamos buscar aquisições frutíferas que nos levem a alcançar mais rápido os nossos objetivos”, completou.

    A primeira atividade da Degussa no Brasil esteve voltada ao refino de ouro. De 1978 em diante, inicia-se o processo de segmentação dos negócios, com a instalação pioneira no Brasil da primeira fábrica de catalisadores químicos à base de metais preciosos, que iriam suprir durante as décadas seguintes as indústrias químicas e petroquímicas.

    Em 1987, com a inauguração do parque industrial de Americana, no interior paulista, inicia a fabricação de reagentes catiônicos, destinando-os às indústrias papeleiras. Em 1998, instala a mais moderna fábrica de peróxido de hidrogênio do Grupo, no município de Aracruz–ES, seu oitavo empreendimento desse tipo no mundo, concebido para atender aos processos de branqueamento de celulose e reciclagem de papel.

    Em 2001, inaugura uma nova unidade de catalisadores químicos e um ano depois cria uma nova unidade de especilidades químicas, como poliacrilamidas e dispersantes, especialidades requisitadas por amplos segmentos industriais, como papel e celulose, petróleo, mineração, açúcar e tratamento de água.

    Em março de 2003 inaugura em Paulínia–SP a fábrica de negro-de-fumo, destinando sua produção principalmente às indústrias de pneus e borracha, e também às indústrias de tintas, fibras, papel, plásticos, cimento, entre outras.

    Além das cinco fábricas, construídas de acordo com os planos de investimentos programdos para a América do Sul, um centro técnico de serviços da Goldschmidt, instalado em Americana–SP, e um centro de distribuição, em Guarulhos–SP, a empresa tem sob seu gerenciamento mais três unidades produtivas: a Flavors & Fruit System, de Cosmópolis–SP, e as unidades Degussa Initiators e MBT, envolvendo químicos para construção, de Santo André–SP , empreendimentos decorrentes das aquisições e fusões. Com a prospecção de novos negócios e parcerias, a companhia, segundo o doutor Felcht, espera poder ver crescer por mais 50 anos o volume anual de negócios gerados no Brasil, hoje em torno de 200 milhões de euros.



    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *