Domissanitários e Limpeza

15 de junho de 2012

Domissanitários – Consumidor fica mais sofisticado e demanda produtos inovadores e sustentáveis

Mais artigos por »
Publicado por: Hamilton Almeida
+(reset)-
Compartilhe esta página

    química e derivados, domissanitários

    O

    aumento de renda da população brasileira está gerando um forte impacto na produção de domissanitários. Além dos negócios estarem em alta, o consumidor se sofistica e busca produtos capazes, mais do que apenas cumprir as funções de limpar e desinfetar, de agregar funções ligadas ao bem-estar, proporcionando um clima mais agradável. “A praticidade é outro item que conta muito para o consumidor brasileiro. Daí o destaque nos últimos anos de categorias como os limpadores multiuso e os purificadores de ar”, comenta Maria Eugênia Saldanha, presidente executiva da Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Limpeza e Afins (Abipla).

    “O consumidor amadureceu e o aumento de renda leva à aquisição de produtos de melhor qualidade”, observa Rogério da Costa Silva, gerente comercial da Carbocloro. Na opinião de Marcelo Amaral, gerente de marketing da Basf, o mercado brasileiro de limpeza passa por um período de muitas transformações: “O lançamento de produtos concentrados e versões líquidas são evidências marcantes do processo de maior diversificação de produtos.”

    Amaral compartilha a ideia de que os consumidores estão mais exigentes, principalmente os oriundos das classes B e C. “Como consequência do aumento da renda disponível, há uma maior demanda por produtos inovadores e diferenciados. Vale também destacar o forte crescimento orgânico de algumas plataformas, com destaque para lava-roupas. O baixo consumo per capita no Brasil, comparado a países desenvolvidos, e a crescente participação dos líquidos são sinais de grande potencial de crescimento para os próximos anos”, raciocina, otimista.

    Maria Eugênia também destaca a inovação como outro fator importante e que leva à disponibilidade de produtos diferenciados no mercado, para atender a um número cada vez maior de pessoas. “Entre os diferenciais dos produtos de limpeza nacionais estão fatores como o uso de componentes e fragrâncias ligados à biodiversidade brasileira; o desenvolvimento de novos formatos e fórmulas; o dinamismo para criar produtos que tragam agilidade, rapidez e facilidade; a adequação dos produtos aos hábitos de consumo da população local, além da alta qualidade com preços competitivos, com um portfólio suficiente para atender aos diferentes perfis de consumidores”, sintetiza a presidente executiva da Abipla.

    química e derivados, Home & Personal Care da Oxiteno, Maurício Lopes, detergente líquido

    Lopes: detergente líquido abre novas opções para formuladores

    O gerente do negócio de Home & Personal Care da Oxiteno, Maurício Lopes, completa que, para esse mercado, inovação significa dispor de produtos de qualidade. “Cada vez mais, os brasileiros enfrentam a dupla jornada ao trabalhar dentro e fora de casa. Por isso, precisam contar com produtos eficientes e práticos para cuidar da casa.”

    Por essa razão, Lopes diz existir uma tendência muito forte em relação à mudança do detergente lava-roupa em pó para a forma líquida, como se dá na maioria dos outros produtos. E se trata de uma mudança bastante significativa, pois essa é uma das categorias mais representativas de domissanitários. “A grande vantagem é que a forma líquida proporciona mais condições para que o formulador desenvolva experiências sensoriais para o consumidor final: alterações na consistência, na cor, perfume, entre outras”, observa.

    A migração do detergente lava-roupa em pó para o líquido coincide com uma tendência já observada nos mercados americano e europeu. A adoção dessa nova tecnologia implica na mudança do tensoativo aniônico, que é o principal tensoativo da formulação. Lopes explica que o detergente líquido faz com que haja uma redução no consumo do LAS, ou alquilbenzeno sulfonato linear, e um aumento no consumo do LESS, ou lauril-éter sulfato de sódio.


    Página 1 de 41234

    Compartilhe esta página







      Um Comentário


      1. Bom Dia.
        Sou Farmaceutico-Bioquimico e estou auxiliando a empresa Inset-Disque na montagem de surfactantes para aplicações com produtos contra pragas, tais como cupins, etc. Nos USA encontrei o produto Pro Foam Platinum e estou interessado em saber se a Oxiteno tem como nos auxiliar na montagem deste projeto com formulações ou com o produto já pronto com surfactantes para utilização em aplicações.
        Desde já agradeço a atenção.
        Nilton.



      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


      ""
      1
      Newsletter

      Receba artigos, notícias e novidades do mercado gratuitamente em seu email.

      Nomeseu nome
      Áreas de Interesseselecione uma ou mais áreas de interesse
      Home - Próximo Destino Orlando
      ­
       Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros
      Previous
      Next