Química

15 de fevereiro de 2009

Distribuição – Ipiranga Química vira quantiQ

Mais artigos por »
Publicado por: Marcelo Fairbanks
+(reset)-
Compartilhe esta página
    F

    azer de um limão uma limonada. Essa expressão popular resume o esforço de converter a imagem da tradicional Ipiranga Química, a maior distribuidora de produtos químicos do país, na moderna quantiQ (sic). A marca antiga, consolidada depois de dezoito anos de atividades, tinha de ser abandonada por força do contrato de divisão dos ativos do extinto grupo Ipiranga entre os seus adquirentes: Petrobras, Ultra e Braskem, sendo esta a proprietária atual da companhia.

    Química e Derivados, Fernando Rafael Abrantes, Diretor-presidente da quantiQ, Distribuição

    Fernando Rafael Abrantes: nova composição acionária forçou mudança

    “A mudança era obrigatória, mas resolvemos fazer disso uma razão para aumentar a motivação e o comprometimento de todo o público interno, além de ganhar visibilidade nos mercados”, explicou o diretor-presidente Fernando Rafael Abrantes. O processo de reformulação de toda a identidade visual da distribuidora consumiu três árduos meses de trabalho, restrito a um comitê de alto nível, além de mobilizar recursos adicionais da ordem de R$ 1,5 milhão. O valor total do projeto seria maior, não fossem aproveitadas algumas despesas do orçamento habitual da companhia, como os investimentos em publicidade e os gastos da reunião anual de todos os seus colaboradores.

    Essa reunião, marcada para os dias 7 e 8 de fevereiro, marcou a mudança radical do nome e da marca da companhia. “Vimos que o processo não podia ser feito parcial e gradualmente, mas de forma radical”, comentou. Todos os impressos (cartões de visita, folhetos, catálogos e notas fiscais), placas de sinalização, a pintura dos caminhões e dos tanques de armazenamento, até os uniformes e as camisetas promocionais foram substituídos em apenas um fim de semana.

    A nova marca, desenvolvida pela GAD Branding, foi criada para manter uma lembrança sutil da denominação anterior (no caso, o IQ), sendo fácil de pronunciar em qualquer idioma e capaz de salientar aspectos como paixão pela atividade e modernidade. Daí a cor magenta do fundo, sobre o qual aparece a palavra quantiQ, que remete ao quantum latino, com o Q maiúsculo no final, evocando a Química.

    Abrantes entende que a transferência da sede, realizada há um ano – o prédio onde ficava passou ao grupo Ultra, dono da marca Ipiranga –, contribuiu para a aceitação do processo de mudança. Na época, a razão social foi alterada para IQ Soluções Químicas. O novo controlador da distribuidora, a Braskem, confere alguma autonomia operacional, porém exige o cumprimento de metas definidas em conjunto. “Nossa meta para 2009 é ampliar em 19% o faturamento”, informou.

    Resultados – Em 2008, a distribuidora registrou o melhor resultado de sua história. Dados preliminares – o balanço ainda não foi fechado – indicam o crescimento de 20% na receita líquida, estimada em R$ 619,7 milhões, para uma receita bruta de R$ 803 milhões. A geração de caixa medida em Ebitda alcançou R$ 44,3 milhões.
    Os números eclipsam os efeitos da crise mundial que eclodiu em setembro, contaminando os negócios realizados de outubro em diante. A variação cambial de quase 30% em apenas trinta dias causou alvoroço nos mercados. “O problema para nós ficou restrito aos produtos que tinham sido entregues, que aguardavam cobrança, isso consumiu parte do caixa acumulado durante o ano”, explicou. “Menos mal que ainda tivemos alguma sobra no final do ano.” Os produtos em fase de importação e os estoques receberam novos preços.

    Em 2009, a situação ainda pode ser considerada crítica. Abrantes considera que fevereiro será o “fundo do poço”, porque janeiro registrou algum movimento de compra após o esgotamento dos estoques dos clientes. “Começaremos a ter uma ideia de como será o ano depois do carnaval”, considerou. Apesar de os preços internacionais dos produtos químicos e resinas termoplásticas, itens responsáveis por 80% do faturamento da quantiQ, permanecerem em patamares baixos, a retração global da demanda é marcante.

    O presidente considera que a diversificação em 52 setores atendidos pela distribuidora ajuda a superar as dificuldades com a crise. “Nossa divisão de life sciences praticamente não foi abalada pela crise, e os preços globais foram mantidos”, disse. Ele salientou que essa divisão possui uma dinâmica de negócios totalmente diferente das demais, compreendendo produtos mais sofisticados, usados por segmentos como cosméticos e farmacêuticos, cuja demanda se mantém. “Alguém pode deixar de trocar de carro, mas não vai parar de comprar um xampu ou um medicamento”, explicou. O portfólio da quantiQ lista produtos de 123 fabricantes diferentes, situados em vários países.

    Em uma visão geral, Abrantes considera que “em 2009, a competência deverá superar a conjuntura”. Isso implica manter um controle apurado do caixa, evitando negócios temerários e vendas a preço vil. O objetivo é somar o aumento da efetividade de vendas com a captura de economias nos processos. A distribuidora pretende aplicar ferramentas dos softwares de gestão (ERP e CRM) para reforçar as ações de inteligência de mercado. Isso permite avaliar melhor as oportunidades de negócios, alocando mais recursos para operações mais rentáveis. Nesse ambiente, os projetos de duplicação da capacidade de tancagem e armazenagem dos centros de distribuição de Guarulhos-SP e Duque de Caxias-RJ ficam suspensos.

    Da mesma forma, ele entende que os movimentos de aquisição e fusão de distribuidoras químicas deve sossegar. Os valores das negociações mais recentes, calculados em múltiplos generosos de Ebitda, não devem mais ser vistos. “Apesar disso, investidores arrojados podem encontrar boas oportunidades de negócio no setor, com preços muito baixos”, disse. A quantiQ não tem planos, por hora, de comprar ninguém. Nem de ser vendida, afirmou. Mas sempre se pode fazer uma limonada.



    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


      ""
      1
      Newsletter

      Receba artigos, notícias e novidades do mercado gratuitamente em seu email.

      Nomeseu nome
      Áreas de Interesseselecione uma ou mais áreas de interesse
      Home - Próximo Destino Orlando
      ­
       Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros
      Previous
      Next