Cosméticos

19 de outubro de 2007

Cosméticos – Fragrâncias – Espécies vegetais da Amazônia podem abrir mercados sofisticados para a produção local

Mais artigos por »
Publicado por: Rose de Moraes
+(reset)-
Compartilhe esta página

    A

    pujança das preciosidades aromáticas da Amazônia extasia homens e mulheres de todos os lugares do mundo. Notas tropicais, equatoriais e exóticas inspiram a criação de perfumes marcantes lançados por grifes renomadas há algum tempo. Esse sucesso se reflete em números. No ano passado, as vendas de perfumes e fragrâncias no País foram estimadas em R$ 2,38 bilhões pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec). Trata-se do segundo maior segmento do setor, superado apenas pelos produtos para cabelos. No entanto, o nível de projeção internacional ainda está aquém do espaço merecido.

    Essências, extraídas de flores, frutos, raízes, sementes, folhas e cascas de plantas nativas da Amazônia, ajudam a formar, embora de maneira tímida, a imagem e a identidade do Brasil em perfumaria no exterior. Na Amazônia, o maior reservatório de plantas do mundo, há mais de 300 mil espécies aromáticas identificadas. Sabe-se, porém, que mesmo com esforços ainda serão necessários muitos anos de trabalho e dedicação para transformá-las em inesquecíveis perfumes.

    Apesar de ter de avançar mais no concorrido mercado de perfumaria internacional, o Brasil conta com perfumistas de grande estirpe, como o francês Jean Luc Morineau. Há mais de trinta anos radicado no País e apaixonado pela biodiversidade local, ele contribui para projetar no exterior a identidade brasileiraem perfumaria. Comoprova disso, foi o único perfumista a expor essências e aromas no Salon Du Brésil a Paris, promoção do Fórum Brasil-França, realizado em setembro último no Le Palais des Congrès, de Paris. “Apresentamos ao mercado europeu uma coleção inédita de 28 essências derivadas de flores, frutos e plantas da Amazônia, aproveitando a oportunidade para estar junto a nossos clientes presentes à feira, como a Amazon Green, de Santarém, no Pará, a Ceres e a Oliva Plus, de São Paulo”, informou Morineau.

    Entre as essências criadas por ele, a que mais agradou o olfato dos europeus foi a Tropical. Trata-se de uma sofisticada mistura de matérias-primas sintéticas e naturais, como essências de cupuaçu, manga e maracujá, que pode ser aplicada em diferentes formulações e substratos como perfumes, colônias, xampus e cremes hidratantes. Dependendo da composição, a base a incorporar essa essência poderá conter entre 40 e 250 matérias-primas diferentes.

    Outra essência brasileira que fez grande sucesso nessa temporada no salão parisiense foi a de madeiras do Pará. Nesse caso, Morineau lançou mão de uma mistura de notas amadeiradas oriundas de madeiras e raízes típicas da região, como orize, patchouli e priprioca, e cascas de preciosa, utilizando nada menos que 180 diferentes componentes. Também muito apreciadas foram as essências de flores copaíba, flores de urucum, flores de maracujá e de várias orquídeas brasileiras.

    “O Brasil tem uma imagem muito boa na Europa e o mundo inteiro sonha com a Amazônia”, afirmou o perfumista. No campo das fragrâncias, o País representa um novo parceiro, que começa a despontar internacionalmente, transmitindo uma imagem jovem e em crescimento, embora ainda sejam produzidas localmente muitas adaptações de perfumes franceses. Apreciada e classificada com bom potencial lá fora, a perfumaria brasileira encontra maior participação em certos países, como Portugal, Espanha e Alemanha, mas, curiosamente, é pouco demandada entre os países latino-americanos, segundo Morineau.

    O perfumista possui atualmente uma coleção própria de 7.500 essências ativas e dispõe em seu histórico de mais de 30 mil desenvolvimentos. Como profissional dos mais respeitados no mundo, Morineau fincou raízes no País, inicialmente, trabalhando para a suíça Firmenich. Em 1991, ele fundou a L`Atelier Parfums, uma das mais conceituadas e criativas casas de essências do mercado brasileiro, que também participa e oferece cobertura a criações internacionais. Morineau é freqüentemente convidado a tomar parte de investigações e projetos em perfumaria em conjunto com universidades e institutos de pesquisa. Ele recorda que, anos atrás, interpelado pelo Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia, foi o responsável pela descrição olfativa de 340 amostras de óleos essenciais no Pará, trabalho que lhe custou dez dias de dedicação intensa, mas prazerosa, segundo ele.

    “Na minha fábrica eu formulo tudo o que sou capaz de sonhar”, afirmou. Só com as suas viagens feitas pelo menos duas vezes ao ano para a Amazônia, nas quais penetra nos recônditos da floresta, com o auxílio de guias e acompanhado por pesquisadores de universidades, Morineau desenvolveu 300 essências de plantas nativas da floresta, adquiridas por muitas empresas para exportação.

    Química e Derivados, Jean Luc Morineau, Perfumista, Cosméticos - Fragrâncias - Espécies vegetais da Amazônia podem abrir mercados sofisticados para a produção local

    Morineau: o mundo inteiro sonha com a Amazônia

    No topo das preferências – As essências florais e frutais continuam no topo da preferência européia. As fragrâncias masculinas em voga possuem notas de saída cítricas, são amadeiradas no corpo e contam com fi xadores em âmbar e almíscar. “O mercado francês lançou há dez anos as notas gourmets, derivadas de pêssego, morango, vanila, açúcar, chocolate, canela, entre outras especiarias, e elas continuam a exercer influência em vários mercados”, informou o perfumista.

    Outra tendência mundial também presente no País é criar fragrâncias em versões feminina e masculina para produtos da mesma marca. Empresas de prestígio internacional lançam a cada temporada novas fragrâncias, utilizando o mesmo nome, e somente mudam a sua cor. Assim ocorre na Dior, com o perfume Poison, o primeiro a dar origem a uma linhagem de sucessores, como Tendre Poison, Hipnotic Poison, Pure Poison e Midnight Poison, atualizados de acordo com as tendências e as evoluções olfativas de cada temporada.


    Página 1 de 612345...Última »

    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


      ""
      1
      Newsletter

      Receba artigos, notícias e novidades do mercado gratuitamente em seu email.

      Nomeseu nome
      Áreas de Interesseselecione uma ou mais áreas de interesse
      Home - Próximo Destino Orlando
      ­
       Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros
      Previous
      Next