Notícias

11 de março de 2002

Cargas: Carbonato natural da Argentina chega ao Brasil

Mais artigos por »
Publicado por: Quimica e Derivados
+(reset)-
Compartilhe esta página

    Com o objetivo de disputar o mercado de cargas minerais para plásticos, elastômeros, sabões industriais, tintas e papel nos países do Mercosul e no Chile, a Resinas Industriales Sudamericas S.A., de Buenos Aires, Argentina, iniciou a produção do Carmicron, um carbonato de cálcio natural micronizado apresentado pelo fabricante com grau de pureza superior a 98% e granulação média inferior a 4 micrômetros.

    Originário de jazidas calcíticas livres de silício e de contaminantes metálicos, o produto resulta apenas de processos físicos de moagem e micronização, seguidos de um tratamento superficial final que lhe proporciona um grau de abrasividade bastante reduzido. Dessa forma, o Carmicron pode ser usado na tecnologia dos polímeros os mais diversos, para aplicações de grande responsabilidade. Representa, além de tudo, um sério competidor do carbonato de cálcio precipitado que hoje domina o mercado.

    De origem sintética, este último deriva da neutralização da cal hidratada, (hidróxido de cálcio) pelo gás carbônico (CO2). Da reação resulta um carbonato cristalizado em forma acicular, isento de óxidos metálicos. Tal cristalinidade é criticada por elevar a viscosidade dos compostos fundidos, exigindo aumento de temperatura de processamento. Também, no caso do sal precipitado, há sempre o risco de liberar óxido de cálcio, comprometendo a estabilidade de fármacos, alimentos e formulações de plástico e borracha, problemas esses sem condição de ocorrer com o carbonato natural.

    Fundada em 1995 por empresários com mais de 37 anos de experiência na fabricação de aditivos e resinas para grandes ramos industriais, a Rissa, sigla composta pelas iniciais da razão social da empresa, oferece a página web www.carmicron.com.ar e o seu e-mail carmicron@carmicron.com.ar aos interessados em conhecer melhor seu carbonato de cálcio natural, produto famoso por constituir as pérolas e conchas de moluscos, embora também presente nas modestas cascas dos ovos de galinha. Em Buenos Aires, situa-se na Av. Don Pedro de Mendoza no 417, telefone (54-011) 4300-9955.



    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *