Notícias

29 de outubro de 2016

Capacitação de pintores promove o crescimento – Abrafati

Mais artigos por »
Publicado por: Quimica e Derivados
+(reset)-
Compartilhe esta página

    Química e Derivados, Capacitação de pintores promove o crescimento - Abrafati

    A Abrafati conduz uma série de programas e ações que têm por objetivo a busca do desenvolvimento setorial sustentável. Essas iniciativas desempenham papel chave na construção do futuro da cadeia de tintas, que evolui e se renova continuamente. Ao mesmo tempo, representam uma significativa contribuição para o desenvolvimento econômico e social do Brasil. Em uma série de artigos, a associação apresenta aqui um resumo dos avanços dos últimos 30 anos e do que está por vir, relacionados a temas essenciais. Nesta edição, são explicadas as iniciativas da Abrafati voltadas para a capacitação de pintores e para a valorização da profissão.

    Programa Pintor Profissional trouxe vantagens para todo o mercado, que passou a contar com a segurança de poder escolher e indicar profissionais qualificados

    Em 2009, a Abrafati iniciou um inovador programa de capacitação de pintores, que se tornou referência em toda a cadeia de construção civil: o Programa Pintor Profissional.

    O diagnóstico que levou à sua criação foi claro. Por um lado, partiu-se da premissa de que as tintas atuais são produtos que incorporam cada vez mais tecnologia e inovações, necessitando de pintores que se dediquem à profissão e que sejam mais qualificados, para garantir os melhores resultados na aplicação desses produtos. Ao mesmo tempo, a iniciativa levou em conta que o grau de exigência e de conscientização dos consumidores cresceu significativamente nos últimos anos, levando-os a buscar melhores serviços e profissionais mais qualificados.

    O programa, portanto, nasceu com o objetivo de preparar pintores para a nova realidade do mercado, valorizando a profissão e reconhecendo quem se dedica a ela e a exerce com qualidade.

    No lançamento dessa iniciativa, em 2009, Dilson Ferreira, presidente-executivo da Abrafati, já salientava esse aspecto. “É importante lembrar que o trabalho bem feito dos pintores é fundamental para as vendas e para a imagem das tintas. Proprietários de imóveis residenciais ou comerciais tenderão a pintá-los com mais frequência ao terem experiências positivas com o pintor que contrataram para o serviço – em termos de resultados, de cumprimento de prazos, de adequação de orçamento e outros”, afirmou ele na ocasião.

    A preparação necessária para lançar uma ação dessa envergadura envolveu longos e profundos estudos. A partir deles, além de ser definida a forma de funcionamento do programa, foi especialmente elaborado o Manual do Pintor Profissional Abrafati, com linguagem adequada ao público-alvo e explicações de maneira didática, apoiadas por fotografias e ilustrações.

    Em sua primeira etapa, o alvo foram os pintores que já exerciam a profissão. Inicialmente, a região da Grande São Paulo recebeu o regulamento e a ficha de inscrição para o programa. A adesão foi muito boa e ao final do primeiro ano 3.600 profissionais já estavam participando, dos quais quase mil já haviam cumprido integralmente as exigências para receber a Carteirinha de Pintor Profissional, que mostra a sua habilitação técnica para atuar na pintura de imóveis, e ver seus nomes incluídos no Cadastro Nacional de Pintores de Imóveis. Disponibilizado no site do programa, esse cadastro foi mais uma iniciativa pioneira, facilitando a escolha de um profissional competente pelos interessados em contratar serviços de pintura.

    O passo seguinte foi a extensão do programa para o restante do Estado de São Paulo, seguida de ações para impulsioná-lo no Rio Grande do Sul e em Pernambuco. Novas etapas de expansão envolveram outros estados nos anos seguintes, fazendo com que o Cadastro Nacional passasse a contar com os dados de pintores de muitas cidades, nas várias regiões do País.

    Além do reconhecimento de sua capacitação, proporcionado pela participação no Programa, os pintores vêm percebendo as vantagens significativas de terem seus dados no Cadastro Nacional de Pintores, assim como da posse da Carteirinha de Pintor Profissional emitida pela Abrafati. Uma pesquisa apontou que praticamente todos eles declaram que a carteirinha transmite segurança ao cliente e que 56% dos participantes tiveram aumento em sua renda mensal. Juntamente com os dados da visitação ao site do Programa – que mostravam uma média de mil acessos mensais ao cadastro –, tudo isso permite uma boa avaliação de como o aumento do seu alcance tem reflexos muito positivos.


    Página 1 de 212

    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *