Química

20 de outubro de 2008

Automação – Sistemas avançam para unificar controle de processos e de energia

Mais artigos por »
Publicado por: Marcelo Fairbanks
+(reset)-
Compartilhe esta página

    Automação – Sistemas avançam para unificar controle de processos e de energia

    O

    s fornecedores de produtos e sistemas para automação e controle de processos industriais vivem um período de euforia. Os investimentos em curso, além dos anunciados, por parte de clientes de vários setores industriais – desde a produção de petróleo e gás, até alimentos e bebidas –, projetam para os próximos anos uma forte expansão de vendas. Porém, não é hora de descansar: a competição entre os maiores fornecedores é intensa e o foco da demanda começa a ser ampliado para além do escopo dos processos, buscando a integração total das atividades. Os dados da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) registram o faturamento de R$ 2,7 bilhões para o segmento de automação e controle em 2007. “Prevemos um crescimento de 14% para 2008”, afirmou o vice-presidente da entidade, Nelson Ninin, presidente da Yokogawa América do Sul e também o primeiro brasileiro eleito para presidir em âmbito mundial a prestigiosa Instrumentation, Systems and Automation Society (ISA). Ele explicou que o bom resultado obtido no Brasil em 2007 e 2008 está relacionado a investimentos em modernização e ampliação de fábricas existentes. Com isso, o parque instalado de sistemas de automação e controle tornou-se grande o sufi ciente para gerar uma demanda estável e significativa para manutenção, renovação e melhoria. “Os grandes projetos anunciados pelos setores de petróleo, álcool e energia começam a fi gurar nos nossos registros de vendas a partir de 2009, quando devemos registrar um forte crescimento”, comentou.

    A Yokogawa tem mantido expansão de negócios na média de 20% ao ano, segundo seu presidente. A empresa investe para ampliar sua capacidade de produção e atendimento, a começar pela inauguração da nova sede, no condomínio de Tamboré, em Barueri-SP, para onde foram deslocadas as partes administrativa e de vendas. As áreas de montagem e serviços permaneceram em Santo Amaro, onde ganharam mais espaço. As equipes também foram reforçadas para acompanhar a expansão dos negócios. Isso incluiu a contratação do gerente-comercial Luiz Sussumu Funagoshi (ex-Invensys).

    Outra gigante da área de automação e controle de processos, a Emerson Process Management (ou Fisher-Rosemount, sua marca mais conhecida) comemora o bom desempenho de negócios efetivados desde 2007. “Temos forte crescimento em 2008, que deve ser mantido por alguns anos, tanto que estamos ampliando nossas instalações e contratando mais profissionais”, afirmou Leopoldo dos Santos, gerente de negócios da linha PlantWeb, denominação da arquitetura do controle de processos da companhia. Em 2008, aliás, a filial brasileira ultrapassou o volume de vendas da filial mexicana, embora esta tenha mais fábricas do grupo, fato justificado pela proximidade com o mercado dos EUA.

    Reestruturada, a ABB reforça sua participação no segmento, especialmente nas refinarias de petróleo, ramo no qual conta com a expertise da Bailey, marca adquirida há mais de dez anos. “Acabamos de firmar um contrato global e exclusivo com a Petrobras no valor de US$ 61 milhões para fornecer sistemas de automação e controle de processos em oito refinarias da companhia durante os próximos cinco anos”, informou Wellington Dumas Cintra, gerente de vendas da área de automação de processos para as áreas de mineração, papel e celulose, química e farmacêutica. O acordo prevê a implantação do sistema 800xA, incluindo o gerenciamento dos projetos e a parte de engenharia, esta com estimativa de custo de US$ 29 milhões (incluídos no valor total do contrato).

    Desde que unificou as linhas de SDCD e CLP, em 1995, a Siemens ampliou sua participação no controle de processos industriais. Antes disso, seu maior destaque sempre foi ligado ao gerenciamento da energia nas fábricas. “Já temos 87 sistemas PCS7 instalados no Brasil nas indústrias química, metalúrgica e de papel e celulose”, afirmou Carlos Fernando Albuquerque, engenheiro do setor de DCS, batch e gerenciamento de ativos, dentro da área de automação de processo. A partir de 2000, a companhia ampliou o leque de segmentos atendidos, oferecendo o controle integrado do processo e dos sistemas de energia, além de apresentar a linha completa de instrumentos de campo.

    Química e Derivados, Nelson Ninin, presidente da Yokogawa América do Sul, Automação - Sistemas avançam para unificar controle de processos e de energia

    Nelson Ninin: mercado brasileiro segue em expansão

    Ponto fraco – A escassez de profissionais especializados em automação e controle no mercado mundial é apontada por Ninin como uma vulnerabilidade para a expansão de negócios e também para o aproveitamento adequado dos recursos pelos compradores. “Há uma corrida por engenheiros e técnicos especializados em vários países, movimento comparável ao que aconteceu na década de 70, antes dos choques do petróleo”, disse.

    “Alguns clientes compram sistemas completos, mas não têm técnicos capacitados para aproveitar todos os recursos”, comentou Santos. Uma das modalidades de contrato da Emerson prevê a implantação completa do sistema colocado em marcha, com todas as aplicações. Para tanto, a empresa mantém área de treinamento básico e avançado de operação. “Mas a concorrência por especialistas é tão grande que chega a tirar gente das equipes dos fornecedores.” A situação é crítica e não se limita ao campo do controle, mas se estende por toda a engenharia, montagem e produção de equipamentos.


    Página 1 de 41234

    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


      ""
      1
      Newsletter

      Receba artigos, notícias e novidades do mercado gratuitamente em seu email.

      Nomeseu nome
      Áreas de Interesseselecione uma ou mais áreas de interesse
      Home - Próximo Destino Orlando
      ­
       Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros
      Previous
      Next