Notícias

3 de agosto de 2016

Fórum setorial, agendado para 24 de Agosto, terá apresentações e debates sobre cenários, desafios e oportunidades para a indústria – Abrafati

Mais artigos por »
Publicado por: Quimica e Derivados
+(reset)-
Compartilhe esta página

    Em 2006, realizou-se a primeira edição de um evento que se tornou muito relevante para o setor: o Fórum Abrafati da Indústria de Tintas. Idealizado para avaliar a situação do setor e discutir as perspectivas futuras, reunindo os mais importantes líderes empresariais, executivos e profissionais das empresas ligadas à cadeia de produção e distribuição de tintas, o encontro tornou-se uma ocasião muito aguardada.

    “A ideia surgiu nas reuniões de Diretoria, pela necessidade de entender melhor o cenário e debater questões específicas do setor. Tem sido, desde o início, um evento fundamental para a tomada de decisão nas empresas”, testemunha Telma Florêncio, diretora de Eventos Corporativos da Abrafati.

    Neste ano, será realizado em agosto o 11º Fórum, que teve ainda uma edição especial no período da grave crise internacional de 2009, sempre despertando forte interesse do público-alvo, que comparece sabendo que ali poderá obter informações valiosas para a definição dos rumos dos seus negócios.

    O leque de assuntos em discussão é variado, mas sempre envolve uma análise da conjuntura, que fica a cargo de especialistas externos à cadeia de tintas, como economistas, consultores, jornalistas econômicos e cientistas políticos. Entre os grandes nomes que já estiveram presentes podem ser citados os ex-ministros Maílson da Nóbrega e Paulo Renato Souza, o ex-presidente do Banco Central Gustavo Franco, o ex-secretário de Política Econômica José Roberto Mendonça de Barros, assim como os economistas Eduardo Giannetti da Fonseca e Ricardo Amorim e os jornalistas especializados Míriam Leitão e Joelmir Beting.

    A programação também inclui temas que são prioritários para a cadeia de tintas naquele momento, normalmente apresentados por lideranças de associações de classe da cadeia produtiva e executivos das empresas do setor.

    Realizado em agosto por ser esse o período de elaboração de budgets para o ano seguinte, o Fórum sempre apresenta previsões para o desempenho do setor. “O desenvolvimento do setor e a sua competitividade, analisados sob vários ângulos, são os grandes temas. Por isso, estão presentes em todas as palestras e painéis do Fórum”, afirma Dilson Ferreira.



    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *